Destaque Novidades

Tecnológico, novo VW Polo terá motor 1.0 TSI de 128 cv

Hatch terá câmbio automático de seis marchas e painel digital de 10,2 polegadas
Volkswagen Polo (Auto+)

O lançamento do novo Polo está cada vez mais próximo. Nesta quinta-feira (27), a Volkswagen promoveu um workshop para adiantar alguns detalhes do inédito hatch que será lançado no Brasil no último trimestre deste ano.

De acordo com a VW, o novo Polo será equipado com motor três cilindros 1.0 TSI flex (o mesmo utilizado no Up! e Golf), mas recalibrado para gerar até 128 cv e 20,4 kgfm de torque, disponíveis desde 1.500 rpm. Aliás, é o torque que será trabalhado com destaque no modelo nacional, já que a marca fará a estreia da sigla 200 TSI no novo Polo, fazendo a referência ao torque de 200 nm (Newton metro). Por não ser muito usada no país, a métrica poderá causar certa confusão ao consumidor com o logo “200 TSI”, que chega a lembrar a sigla do motor “2000” (de 2,0 litros de capacidade volumétrica) dos Volkswagen antigos.

Detalhe: o propulsor terá por aqui opção de transmissão automática Tiptronic de seis marchas, configuração inédita no mundo combinada ao motor 1.0 TSI. O câmbio terá ainda modo esportivo para trocas de marchas numa faixa mais alta de rotação, permitindo também trocas manuais pela alavanca ou pelas aletas atrás do volante.

A sexta geração do Volkswagen Polo é baseada na plataforma MQB, a mesma do Golf. Entre os benefícios estão a padronização do processo produtivo, componentes compartilhados com outros carros e redução no custo de desenvolvimento. Comparado ao modelo europeu, o Polo brasileiro sofreu alterações, como a suspensão 20 mm mais alta, que traz eixo de torção na traseira. O hatch já é produzido na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP).

A plataforma MQB dará origem a quatro modelos inéditos no Brasil, o que inclui o próprio Polo, o sedã Virtus, que chega no primeiro trimestre de 2018, além de uma picape acima da Saveiro e um novo SUV — provavelmente compacto, para disputar mercado com HR-V, Renegade, EcoSport e companhia.

Detalhe da lanterna do Polo (Auto+)

Em relação a equipamentos, o atrativo será o Active Info Display, painel de instrumentos digital configurável com tela de 10,2 polegadas. Ele traz informações numa tela de alta definição com gráficos em 3D, podendo configurar informações de condução, mapas do navegador GPS, velocímetro e central multimídia. Já a central Discover Media traz tela de 8 polegadas e tem suporte para as plataformas Android Auto e Apple CarPlay, além de integração com o painel de instrumentos.

A marca também adiantou que o Polo trará direção com assistência elétrica, limpeza automática dos freios quando o limpador de para-brisa é ligado (as pastilhas encostam nos discos para secá-los) e sensor de pressão dos pneus. As versões TSI terão freios a disco nas quatro rodas e controle de estabilidade de série.

Veja mais:

>> VW bate o martelo e produzirá novo Polo em São Bernardo do Campo (SP)

>> Volkswagen Tiguan: o SUV esquecido

>> Volkswagen Gol atinge 8 milhões de unidades produzidas

Sobre o autor

Diego Dias

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Instagram