Curiosidades Destaque

10 carros mais caros fabricados no Brasil: campeão passa de meio milhão

Lista de carros mais caros fabricados no Brasil não conta somente com modelos de luxo e pode assustar pelo preço
Chevrolet Trailblazer [divulgação]
Chevrolet Trailblazer [divulgação]

Com sedãs médios começando acima dos R$ 100 mil e hatches compactos beliscando os R$ 90 mil com facilidade, a indústria automotiva nacional está aumentando gradativamente as cifras cobradas por aqui. Mas quais são os carros mais caros fabricados no Brasil?

A lista é basicamente dominada por modelos de luxo que tem produção feita em solo nacional, mas isso não impediu que marcas generalistas como Chevrolet, Mitsubishi e Jeep também fizessem suas aparições nesse top 10.

BMW X4 M40i [divulgação]
BMW X4 M40i [divulgação]
  1. BMW X4 M40i – R$ 544.950

O único SUV cupê da lista é também o campeão entre os carros mais caros fabricados no Brasil. Ainda que não seja o X4 mais caro ou rápido disponível no país, o M40i cumpre bem o papel de versão esportiva intermediária e faz companhia a seu irmão X3 M40i, o segundo colocado na lista.

BMW X3 M40i (divulgação)
  1. BMW X3 M40i – R$ 524.950

Segundo modelo da lista com preço acima de meio milhão, o BMW X3 M40i divide com seu irmão X4 M40i o motor 3.0 seis cilindros em linha com 360 cv e 51 kgfm de torque, tração integral e transmissão Steptronic Sport de oito marchas.

Land Rover Discovery Sport (divulgação)
  1. Land Rover Discovery Sport R-Dynamic SE D – R$ 329.950

Carro diesel mais caro fabricado no Brasil, o Land Rover Discovery Sport também carrega o título de modelo nacional de sete lugares que precisa do cheque mais alto para sair da concessionária. Traz motor 2.0 quatro cilindros turbo de 180 cv e 43 kgfm de toque.

BMW X1 (divulgação)
  1. BMW X1 sDrive 25i Sport – R$ 284.950

SUV de entrada da BMW em sua versão mais cara, o X1 é também o único SUV compacto presente na lista – já que todos os seus concorrentes são fabricados fora do Brasil. Ele traz motor 2.0 quatro cilindros turbo flex de 231 cv e 35,7 kgfm de torque atrelado a uma transmissão automática de oito marchas.

Mercedes-Benz Classe C200 EQ Boost (Auto+)
  1. Mercedes-Benz C200 EQ Boost – R$ 279.900

Primeiro carro com sistema micro-híbrido produzido no Brasil, o Mercedes-Benz Classe C na versão 200 EQ Boost também é o sedã mais caro fabricado em solo nacional. Ele traz motor 1.5 quatro cilindros turbo com 183 cv e 28,6 kgfm de torque atrelado a um sistema elétrico de 48V que substitui o alternador para economizar combustível.

Chevrolet Trailblazer [divulgação]
Chevrolet Trailblazer [divulgação]
  1. Chevrolet Trailblazer Premier – R$ 275.290

Entre as marcas não de luxo, a Chevrolet detém o título de fabricante de um dos carros mais caros do Brasil. Com porte grande, espaço para sete pessoas e robustez para um off-road de verdade, o Chevrolet Trailblazer é vendido somente na versão topo de linha Premier com motor turbo diesel 2.8 de 200 cv e 51 kgfm de torque.

Mitsubishi L200 Triton Sport 2021 [divulgação]

  1. Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S – R$ 232.990

Apesar de não ser a mais custosa da categoria, título pertencente à Volkswagen Amarok V6, a Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S é a caminhonete mais cara fabricada no Brasil. Ela traz motor quatro cilindros 2.4 turno diesel de 190 cv e 43,9 kgfm de torque combinado a um câmbio automático de seis marchas.

Chevrolet S10
Chevrolet S10 [Divulgação]
  1. Chevrolet S10 High Country – R$ 218.690

Rival direta da L200 Triton Sport, a S10 chega à lista na versão topo de linha High Country que é cerca de R$ 14 mil mais barata que sua concorrente. Traz o mesmo motor 2.8 quatro cilindros turbo diesel de 200 cv e 51 kgfm de torque do irmão Traiblazer, assim como a mesma lista de equipamentos bastante recheada.

Jeep Compass 2021
Jeep Compass 2021 [divulgação]
  1. Jeep Compass S – R$ 217.490

Além de ser o SUV médio mais vendido do Brasil, o Jeep Compass também é o mais caro da categoria entre os que são produzidos no nosso país e não pertencem a uma marca de luxo. A versão topo de linha S foi a primeira a romper a barreira dos R$ 200 mil, mas não está mais sozinha nesse patamar. Traz motor 2.0 turbo diesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque.

Audi A3 Sedan (divulgação)
  1. Audi A3 Sedan 2.0 Performance – R$ 219.990

Prestes a ser substituído no Brasil pela nova geração, o Audi A3 Sedan é o modelo médio mais caro do país, entre aqueles que são nacionais. Usa plataforma e conjunto mecânico semelhante ao VW Jetta GLI, incluindo o plurivalente 2.0 quatro cilindros turbo de 220 cv e 35,6 kgfm de torque ligado a uma transmissão de dupla embreagem com seis marchas.

>>Avaliação: Chevrolet S10 High Country: não contavam com minha astúcia

>>Avaliação: JAC T60 aposta em porte de Compass ao preço de Renegade

>>Como seria se BMW, Audi e Alfa Romeo fizessem vans?

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar