Curiosidades Destaque Novidades

Acordo entre Toyota e PSA deve se encerrar em 2020

Peugeot 108, Citroën C1 e Toyota Aygo devem ter os dias contados
Foto (divulgação)

Parceria entre Toyota e PSA para o mercado de subcompactos está com os dias contados. A aliança que começou em 2001, previa que as três marcas envolvidas – Toyota, Peugeot e Citroën – teriam um subcompacto para chamar de seu. A base seria do Toyota Aygo, e cada marca teria um modelo baseado nele.

Foto (divulgação)

Mas segundo informações recentes, o acordo que foi renovado em 2013 deve terminar por volta de 2020 ou 2021. O motivo exato do final do acordo não foi revelado, mas tudo indica que um dos fatores seja a compra da Opel pelo grupo PSA. Com isso não faria sentido usar a plataforma e mecânica da Toyota, sendo que a própria Opel tem experiência nesse segmento com modelos como o Karl e o Adam, por exemplo.

Foto (divulgação)

Vale ressaltar também, que esse segmento dos subcompactos anda decaindo ultimamente no mercado europeu. Juntos, os três modelos não vendem tão bem quanto suas versões maiores – leia-se Citroën C3, Peugeot 208 e Toyota Yaris. Não se sabe ainda qual o rumo que o grupo PSA irá seguir, mas algumas fontes sugerem que a Toyota está projetando um SUV compacto para colocar no lugar do Aygo futuramente.

Veja mais:

>>Salão de Paris: Toyota Corolla Touring Sports, a nova “Fielder”

>>Com sete lugares, Peugeot 5008 é lançado no Brasil

>>C4 Cactus: novo SUV da Citroën é lançado no Brasil

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Instagram

Jocar