Avaliação Destaque Novidades

Andamos no Kwid, um subcompacto com fórmula justa

Modelo aposta em bom custo x benefício para se dar bem no mercado
Renault Kwid (Auto+)

Ele apareceu em agosto do ano passado e já “arrebentou” nas vendas apenas um mês depois de sua chegada. Estamos falando do Renault Kwid, subocompacto que passou pela avaliação de Benê Gomes. Confira a seguir se ele merece sua atenção.

O Renault Kwid tem 3,68 metros de comprimento e apenas 2,42 m de entre-eixos, levando quatro pessoas a bordo com espaço justo — a não ser que os passageiros sejam muito altos. Mas ele não é muito ergonômico por conta dos comandos dos vidros presentes no painel central, enquanto o volante não possui nenhum tipo ajuste.

Mas claro, vale lembrar que a proposta do Kwid é de ser um carro simples, trazendo o necessário em um veículo de sua categoria. Nessa versão Intense, topo de linha, ele traz itens encontrados em carros maiores como retrovisores com ajuste elétrico e central multimídia, bem como os quatro airbags (disponível em todas as versões do Kwid) que o ajudou a alcançar as três estrelas no teste de segurança do Latin NCap.

Abaixo, confira a avaliação completa do Benê Gomes a bordo do Renault Kwid Intense:

Embora não anime na ficha técnica (são 70 cv e 9,8 kgfm de torque), o motor 1.0 SCe rende bem por conta do peso abaixo dos 800 quilos do carro. Além disso, o propulsor alcança boa média de consumo com etanol: ele consegue médias de 10km/l.

Lembra do desempenho nas vendas acima da média no lançamento? Após setembro (quando vendeu 10.358 unidades), o subcompacto da Renault não conseguiu repetir os bons números, emplacando 3.926 carros em outubro, 2.231 em novembro e 2.818 em dezembro. O recall que afetou 21.802 unidades por falha nos freios e mau posicionamento do tubo de combustível pode ser um dos motivos para as vendas terem diminuído.

*Preços atualizados:

Kwid Life: R$ 29.990

Kwid Zen: R$ 36.490

Kwid Intense: R$ 40.490

Veja mais:

>> Renault Kwid tem recall de freios e tubo de combustível

>> Avaliação: Andamos com o Uno Way 1.0 Firefly

>> Avaliação: Argo 1.8 é bom de guiar, mas deve equipamentos

Sobre o autor

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.

Instagram

Jocar