Destaque Novidades

Argentina já produziu 150 mil Chevrolet Cruze. Mas ele irá além?

Única fábrica do mundo que ainda produz o Chevrolet Cruze, Santa Fe celebrou a 150.000ª unidade do sedã médio feita por lá
Chevrolet Cruze Premier [divulgação] Argentina
Chevrolet Cruze Premier [divulgação]

Produzido na Argentina desde 2016, o Chevrolet Cruze atingiu a marca histórica de 150 mil unidades produzidas. Abastecendo todo mercado latino-americano, a planta de Santa Fe é a única do mundo que ainda produz o sedã médio e o hatch médio Cruze Sport6.

Enquanto a primeira geração foi feita em São Caetano do Sul, Brasil, a segunda foi transferida para a Argentina. Por lá outros sedãs médios já foram fabricados, como Peugeot 408 e Citroën C4 Lounge.

Essa segunda geração do modelo, vale lembrar, já foi feita na China, EUA, México e Coreia do Sul. Coincidentemente a unidade de número 150 mil era de um sedã Premier branco destinado ao Brasil.

Chevrolet Cruze Premier [divulgação]
Chevrolet Cruze Premier [divulgação]

Presente e futuro do Cruze

Atualmente o Cruze é vendido nas versões LT de R$ 116.530, LTZ de R$ 128.490 e Premier de R$ 139.690. Já o Cruze Sport6 traz as opções LT de R$ 116.530, LTZ de R$ 129.610 e Premier de R$ 140.790.

Ambos são equipados com motor 1.4 quatro cilindros turbo de 153 cv e 24,5 kgfm de torque. A única opção de transmissão é a automática de seis marchas. Na Argentina ele é vendido com opção de câmbio manual.

Chevrolet Cruze LTZ 2021 [divulgação]
Chevrolet Cruze LTZ 2021 [divulgação]
Apesar de ser alvo de rumores quanto à sua descontinuidade no Brasil e na América Latina, o Cruze segue firme e forte. Recentemente recebeu mudanças na linha 2021 com a versão LTZ passando a ostentar visual esportivo.

A Chevrolet, há um certo tempo, fala sobre a produção de um novo modelo com alto valor agregado na fábrica argentina. Esse modelo pode vir a ser o Tracker ou outro SUV, possivelmente de porte médio como o Trailblazer norte-americano. Enquanto isso, o Cruze segue em produção sem perspectiva de fim imediato.

>>Chevrolet Cruze 2021 resgata versão LTZ e sedã ganha retoque visual

>>Cruze cai em fevereiro e CAOA Chery Arrizo 6 parte para cima

>>Chevrolet Monza substituirá o Cruze na briga com Corolla e Civic

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar