Destaque Novidades

As cinco maiores brigas entre os carros atualmente vendidos no Brasil

Clássicas brigas entre carros brasileiros sempre foram presentes, mas as atuais têm um quê a mais de emoção
Jeep Compass / Toyota Corolla Cross / Volkswagen Taos [divulgação]
Jeep Compass / Toyota Corolla Cross / Volkswagen Taos [divulgação]

Existem brigas clássicas automotivas que duram séculos: dos clássicos Fiat Palio contra Volkswagen Gol até o eterno Ford Mustang versus Chevrolet Camaro. Fica impossível falar de algum desses carros sem citar outro. Por isso, reunimos aqui cinco brigas automotivas dos dias atuais que mais têm promovido comparativos e discussões nos happy hours virtuais.

Vale lembrar que os modelos citado são somente os que estão em produção atualmente no mercado. Há apenas uma exceção, no caso do Volkswagen Taos, que está em vias de ser lançado.

Jeep Compass vs. Toyota Corolla Cross vs. VW Taos

Dominando por anos completamente sozinho o mercado de SUVs médios no Brasil, o Jeep Compass finalmente tem dois rivais de peso. E já reparou que sempre que alguém cita o Toyota Corolla Cross e o Volkswagen Taos, o Jeep Compass está no meio? Ou ao menos é lembrado em algum momento ao falar deles.

Único SUV médio que consegue vender o mesmo tanto que modelos compactos, o Jeep Compass foi reestilizado neste ano. Contra seus rivais, ele tem a vantagem de ser o único diesel e ter o motor flex mais potente da categoria. O Corolla Cross contra-ataca com a confiabilidade japonesa e opção de motorização híbrida.

Ainda contando os dias para chegar às concessionárias da Volkswagen, o Taos vai tentar se diferenciar pela tecnologia embarcada e pela condução mais esportiva. Mas qual dos três terá a coroa no final do ano?

Fiat Mobi vs. Renault Kwid

A cada aumento de preços, o título de carro mais barato do Brasil muda de mãos. Às vezes pertence ao Renault Kwid, outras horas ao Fiat Mobi. Independentemente disso, onde o italiano é referenciado, o francês também é citado e vice-versa.

Únicos hatches subcompactos à venda no Brasil, eles apostam no preço baixo e na robustez para atrair os consumidores. Ambos têm motor 1.0, versões de entrada com pouquíssimos itens de série e comumente são vistos com escada no teto prestando serviços para companhias telefônicas.

Honda Civic vs. Toyota Corolla

É impossível falar de Honda Civic sem citar o Toyota Corolla. Isso tanto no Brasil, quanto no exterior. A briga entre os japoneses rompe fronteiras e é tema de debate nos quatro cantos do mundo. Mas aqui no Brasil, como o Corolla domina, ele é sempre lembrado quando um sedã médio é lançado ou passa por mudanças.

As brigas mundiais entre Corolla e Civic são tamanhas, que ambos têm versões hatch e sedã para disputar entre si. Além disso, a Toyota prepara uma variante Gazoo Racing do seu modelo para brigar com o já tradicional Civic Type-R. Só falta agora a Honda lançar um Civic Cross para brigar com o Corolla Cross – se bem que ele existe e se chama CR-V.

Fiat Argo vs. Volkswagen Polo

Enquanto Gol e Palio travaram por anos uma briga muito particular, seus sucessores indiretos Polo e Argo fazem o mesmo. Os modelos possuem quase que um catálogo espelhado de versões, tem medidas semelhantes e entregam itens parecidos. O Polo tem vantagem tecnológica, o Argo em acabamento e conforto.

A disputa vai além com seus irmãos sedã, Cronos e Virtus, também disputando mercado. A única diferença é que, entre Argo e Polo, constantemente a Fiat se dá melhor. Agora, quando a briga é entre os sedãs, o Volkswagen sempre vendeu mais que o rival italiano.

Toyota Hilux vs. Chevrolet S10 vs. Ford Ranger

Se antes a disputa pela liderança do mercado de picapes médias era travada entre Toyota Hilux e Chevrolet S10, nos últimos meses a Ford Ranger engrossou o caldo. Uma das maiores brigas entre caminhonetes tem esquentado cada vez mais, com vantagem para a japonesa na maior parte do tempo.

É interessante notar que a Ford é a que tem apostado em uma maior diversidade de versões temáticas, com a urbana Black e aventureira Storm. Além disso, é a única 100% diesel do trio. Em compensação, Hilux e S10 tem versões flex e foram reestilizadas mais recentemente que a rival norte-americana.

>>Jeep Compass 2022: todos os detalhes, preços e versões do SUV médio

>>Fiat confirma novo motor turbo para o Progetto 363 / SUV do Argo

>>Ford por R$ 179.900: Territory SEL ou Ranger Black? | Comparativo

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • Quanto à disputa entre Hilux, S10 e Ranger, não vejo vantagem nenhuma do motor flex em relação ao diesel. Quem pode comprar uma pick-up a diesel jamais compraria uma flex.