Destaque Especial Novidades

As principais atrações da Fenatran 2017

Caminhões elétricos, autônomos e uma série especial retrô marcam presença na feira
Volkswagen e-Delivery (divulgação)

A 21ª edição da Fenatran – Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas começou com uma diversidade de lançamentos, que vão de vans a até caminhões extrapesados. Assim como os principais eventos de automóveis, a feira reservou também espaço para modelos exclusivos, a exemplo de caminhões elétricos, autônomos, e até série especial com pegada retrô. Abaixo, confira alguns dos destaques do evento que ocorre até a próxima sexta-feira (20), em São Paulo (SP).

 

Volkswagen e-Delivery (divulgação)

Volkswagen

e-Delivery

A Volkswagen Caminhões e Ônibus exibe na Fenatran o primeiro protótipo de caminhão leve 100% elétrico desenvolvido no Brasil: o e-Delivery. Segundo a marca, o caminhão conta com sistemas que ajustam a demanda da bateria de acordo com o seu uso, bem como sistema de recuperação de energia de frenagem — que recarrega as baterias.

Desenvolvido em parceria com a Eletra, o motor elétrico WEG AL160 gera 109 cv e torque máximo de 50,2 kgfm, sempre associado a um câmbio automático de seis marchas. A bateria totalmente carregada leva o pequeno caminhão a rodar até 200 quilômetros (dependendo da forma de uso), podendo ganhar 30% de carga em apenas 15 minutos ou ser completamente recarregada num período de três horas, isso, através de um carregador externo plug-in.

Por enquanto, as primeiras unidades serão testadas para distribuir bebidas para a Ambev a partir de 2018. A Volks afirma que a produção em série do Delivery-E está prevista para ocorrer em 2020.

 

Ford Cargo Connect (divulgação)

Ford

Cargo Connect

A marca do oval azul reservou para a 21ª edição da Fenatran o Cargo Connect, caminhão conceito que dispõe de equipamentos com nível 2 de automação.

Baseado no Cargo 8×2 com transmissão automatizada, o caminhão semiautônomo traz itens como o sistema autônomo de frenagem, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, controlador de velocidade adaptativo, alerta de fadiga, leitor de placas de trânsito e câmera com visão de 360 graus. O modelo ainda tem central multimídia com tela de 7 polegadas.

“O Cargo Connect traz uma visão de caminhão conectado, com tecnologias inteligentes de direção semiautônoma que podem ser lançadas no mercado entre três meses e três anos”, diz João Pimentel, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul.

Boné alerta (divulgação)

Boné de alerta

Criado no Brasil, esse Boné Alerta foi projetado pela Ford Caminhões para melhorar a segurança dos caminhoneiros que rodam por muitas horas nas estradas de todo o país. Como ele fará isso? Com visual comum, o boné alertará o motorista ao menor sinal de sonolência ao volante. Para isso, ele traz sensores que monitoram os movimentos da cabeça e emite três tipos de alerta: vibratório, sonoro e visual.

Uma boa sacada para fazer com que o condutor dê uma parada e descanse e, consequentemente, ajude a evitar acidentes nas estradas. Ainda em fase de testes, o Boné Alerta poderá ser colocado no mercado a longo prazo.

 

Mercedes Actros Série Especial (divulgação)

Mercedes-Benz

Actros Série Especial

Já a Mercedes chegou com uma edição limitada do Actros, batizada de Série Especial. Com apenas 21 unidades (em referência a 21ª edição da Fenatran), o cavalo mecânico se inspira nos saudosos modelos L-1111 e L-1113 das décadas de 1960 e 1970 — modelos mais vendidos da marca no Brasil em todos os tempos.

Mercedes L-1111 (divulgação)

Dos 21 caminhões, o Actros Série Especial será oferecido em 15 cavalos mecânicos na versão Actros 2651 6×4 e 6 unidades do Actros 2546 6×2. Visualmente, a principal diferença de ambos é a clássica pintura verde herdada de seus ancestrais, além do chassi vermelho. Por dentro, predomina o revestimento nas cores preto e bege, além de um adesivo alusivo à série especial nas portas.

 

Volvo VM autônomo (divulgação)

Volvo

VM Autônomo

Apresentado em junho deste ano, o Volvo VM Autônomo, primeiro caminhão autônomo testado em operação real no setor de transporte no Brasil, é um dos destaques do estande da marca sueca na Fenatran.

De acordo com a Volvo, o VM Autônomo foi concebido para operar no segmento  sucroalcooleiro, auxiliando no processo de colheita de cana-de-açúcar. Por conta da operação autônoma, eis um de seus maiores benefícios: reduzir 4% da perda da produção total (evitando o desperdício no momento no qual o veículo passa por cima das plantações durante a colheita), que geralmente fica em 12%. O caminhão tem a rota traçada via satélite e controlada por uma central, trazendo ainda uma precisão de 2,5 centímetros em seu deslocamento.

Veja mais:

>> Fenatran começa nesta segunda-feira (16)

>> Hyperloop: Brasil pode ter centro de desenvolvimento de “trem” supersônico

Sobre o autor

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar