Destaque Novidades

Audi confirma e-tron Sportback S para Brasil e mudanças em SQ7 e SQ8

Linha de elétricos da Audi será expandida para quatro modelos no Brasil, enquanto os SUVs grandes abandonarão o motor diesel
Audi e-tron Sportback S [divulgação]
Audi e-tron Sportback S [divulgação]

Durante um evento em São Paulo nessa semana, onde o Auto+ estava presente, a Audi divulgou algumas novidades para o mercado brasileiro e também uma mudança global. Comemorando a liderança do e-tron no segmento de carros elétricos no Brasil, a marca anunciou uma nova versão esportiva do SUV na variante cupê.

Além disso, Audi revelou mudanças drásticas nos SUVs Q7 e Q8 em suas versões esportivas S. Alterações essas que possibilitarão que eles sejam vendidos no Brasil em breve. Não há data oficial para que isso ocorra, no entanto.

Quarteto eletrificado

Além do e-tron regular e do e-tron Sportback recém-lançado, a Audi confirmou que até o fim de 2021 chegará o esportivo e-tron Sportback S. A versão apimentada traz três motores elétricos que resultam em 503 cv e 99,2 kgfm de torque – são praticamente 100 cv e 31,7 kgfm de torque a mais que os e-tron padrão.

Audi e-tron Sportback S [divulgação]
Audi e-tron Sportback S [divulgação]
O e-tron Sportback S conta ainda com suspensão preparada mais baixa, velocidade máxima ampliada para 209 km/h, visual mais esportivos, rodas maiores, arcos de roda mais pronunciados, sistema de vetorização de torque e aerodinâmica retrabalhada com coeficiente de arrasto mais baixo (0,26 cx contra 0,28 cx do e-tron padrão).

A Audi escolheu apenas a variante cupê do e-tron S para trazer ao Brasil. A justificativa tem por motivo o fato de o modelo ser mais esportivo que o e-tron padrão, que tem versão S disponível lá na Europa. Além dele, a marca confirmou a chegada do cupê de quatro portas e-tron GT para o final de 2021, poucos meses depois da estreia na Alemanha.

Audi SQ8 [divulgação]
Audi SQ8 [divulgação]
Do diesel para a gasolina

Johannes Roschek, CEO da Audi no Brasil, confirmou que a marca está desacelerando seus investimentos em carros diesel, tanto que os esportivos SQ7 e SQ8 passarão a ser movidos a gasolina, não mais a diesel como é hoje.

O forte investimento da Audi na eletrificação de seus modelos e a busca pela redução da emissão de poluentes fará com que modelos diesel sejam restritos a mercados em que a demanda ainda é enorme (como a Europa). Em países como o Brasil, onde modelos de luxo a gasolina têm boa aceitação, a mudança será mais rápida.

Audi SQ7 [divulgação]
Audi SQ7 [divulgação]
Hoje, SQ7 e SQ8 são equipados com motor V8 diesel biturbo 4.0 TDI de 435 cv e 91,7 kgfm de torque. A ideia da Audi é manter o layout V8, porém passando a beber gasolina. A potência será de 507 cv e 78,5 kgfm afinal, o SQ8 é um intermediário entre o Q8 mais potente de 340 cv e o RS Q8 de 600 cv. Já no caso do Q7, é sua versão mais esportiva.

>>Impressões: e-tron Sportback é elétrico por acaso e Audi por completo

>>Audi A3 GNV estreia na Europa com autonomia de 445 km

>>Demanda pelo Taycan é tão alta que Porsche pediu ajuda à Audi

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar