Avaliação Destaque

Audi Q5 e Q5 Sportback tem coesão e coerência | Impressões

Mundo dos SUVs já é complicado, no segmento de luxo ainda mais. Mas os Audi Q5 e Q5 Sportback entregam pacote coerente
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]

Segundo carro mais vendido da Audi em 2019 e com 823 unidades já comercializadas na pré-venda do modelo reestilizado, o Q5 gerou expectativas. Afinal, se o SUV de luxo tem bons números, significa que ele deve entregar um bom conjunto como produto. Certo?

Para atestar seus predicados, a Audi levou um grupo de jornalistas de São Paulo a Poços de Caldas, Minas Gerais, para desbravar o Q5 reestilizado. Auto+ teve acesso às duas variantes de carroceria do modelo, tanto a versão normal, quanto o Sportback. Ambos, entretanto, foram testados no acabamento S Line Black topo de linha.

Antes de começar a falar do novo Audi Q5 ao volante, é preciso comentar sobre a versão Sportback. Até então, esse tipo de carroceria era oferecida somente ao Q3 e ao elétrico e-tron. Outro SUV cupê da marca era o Q8, mas ele é apartado do Q7. Exatas 41% das reservas feitas pelo Q5 reestilizado foram para a versão Sportback.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Esteticamente há como diferencial o teto mais curvado, mas não tão mais baixo que o Q5 normal (apenas 2 cm a menos). A porta dianteira de ambos é a mesma, segundo a Audi, o que faz com que o Sportback não tenha a mesma silhueta esportiva que o irmão menor Q3 Sportback tem.

Ainda assim, tem um belo efeito causado pela tampa traseira com um ressalto, teto mais curvilíneo e janelas laterais com desenho esportivo. A dianteira é idêntica entre os dois, assim como as lanternas traseiras. O para-choque traseiro do Q5 Sportback tem desenho diferenciado e mais esportivo.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]

Coerência

Fora a estética, Q5 e Q5 Sportback são o mesmo carro. Ambos trazem motor 2.0 TFSI quatro cilindros turbo de 249 cv e 37,7 kgfm de torque. Ele é gerenciado pela transmissão S Tronic de 7 marchas. Esse conjunto faz com que o SUV médio chegue aos 100 km/h em 6,3 segundos e só pare de acelerar ao atingir os 237 km/h.

Na prática, isso significa que o Q5 tem disposição de sobra a todo tempo. O motor chega a sobrar no modelo, que entrega acelerações vigorosas e uma ótima disposição para se manter em altas velocidades. As respostas do câmbio são rápidas, mostrando o bom acerto entre motor e transmissão.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
O motor ainda conta com sistema de eletrificação com 12V. Ele é capaz de fazer o motor rodar desligado entre 55 km/h e 160 km/h em situações específicas em que o acelerador não é pressionado. Além disso, garante que o sistema start-stop desligue o motor a partir de 22 km/h em uma parada. Com isso, consumo de combustível é reduzido.

Mas existem dois pontos em que o Audi Q5 impressiona. O primeiro é sua suavidade. Apesar de potente, ele não acelera com patadas. Enquanto o câmbio sempre faz trocas suaves e com poucos solavancos. É um comportamento mais que coerente com sua proposta voltada para o conforto. Afinal, um SUV médio de luxo quer mimar seus passageiros.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Outra questão está na solidez. Tanto o Q5 quanto o Q5 Sportback passam uma notável sensação sólida. A construção de qualidade alinhada ao rodar silencioso, deixam claro os reais a mais investidos em sua carroceria. Ele pouco passa os barulhos vindos do asfalto ou do motor. Até mesmo ruído de vento é contido no Audi.

Passar em buracos ou superfícies ruins com o Q5 é atestar que o modelo foi pensado para ambientes urbanos, mas para manter os passageiros em absoluto conforto. A carroceria pouco se movimenta e não há ruídos de acabamento ou de suspensão, mesmo atuando em situações complicadas.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]

Coesão

Mas caso a tocada penda para o lado mais animado da brincadeira, o Audi Q5 da conta do recado. O SUV traz tração quattro ultra. Ela é capaz de transferir a força independentemente para cada eixo a depender da demanda do motorista. Isso resulta em curvas mais fortes e extremamente controladas, mesmo em alta velocidade.

A carroceria corpulenta e alta do Q5 não impede que ele contorne estradas sinuosas em velocidade mais alta. E tudo isso sem passar vergonha. Ele ainda é recheado de tecnologia, com a presença de piloto automático adaptativo e sistema de alerta de mudança de faixa. Pena que não tem manutenção em faixa para se tornar praticamente autônomo.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Os faróis contam com tecnologia Matrix adaptativa, com fachos direcionais e show de luzes quando o Q5 é ligado ou desligado. Há ainda frenagem autônoma de emergência, alerta de ponto cego, assistente de tráfego reverso e até alerta de saída que impede que o motorista ou passageiros saiam do Audi caso algum carro ou moto passe pela lateral.

Nesse quesito, o Audi Q5 também chama atenção para seu interior. Ele traz painel de instrumentos totalmente digital configurável com diversos layouts diferentes. Essa tela é integrada ao GPS da central multimídia MMI Touch de 10,1 polegadas. Os mapas tem exibição 3D de monumentos e navegação facilitada.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Há ainda Android Auto e Apple CarPlay, mas com conexão por fio. Ambas as telas tem ótima definição e uso facilitado. Na central multimídia, menus claros e objetivos facilitam a operação diária. Destaque ainda para a presença de comandos físicos para o ar-condicionado, que não é uma segunda tela como nos SUVs maiores.

O acabamento é esmerado, com diversas superfícies macias ao toque. Portas com muito couro e costuras aparentes ajudam na sensação de sofisticação. Há plástico na parte inferior do painel, algo que não combina muito com esse tipo de carro e preço cobrado. Mas o aspecto geral é bastante agradável, moderno e elegante.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]

Veredicto

O peso de ser o segundo Audi mais vendido do Brasil, coloca o Q5 sob uma nova perspectiva. Ele é o SUV mais emplacado da marca e encabeça um segmento que cresce exponencialmente a cada ano. Por isso a marca das quatro argolas não brincou com o posicionamento e preços do modelo.

A Audi pede R$ 370.990 pelo Q5 S Line Black e R$ 395.990 pelo Q5 Sportback S Line Black. A faixa de preço os colocam contra o rei do segmento, o Volvo XC60 que se apresenta com motorização híbrida e um pouco mais de tecnologia que ele.

Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Audi Q5 e Q5 Sportback [Auto+ / João Brigato]
Entretanto, o Audi Q5 e o Q5 Sportback entregam uma notável solidez ao volante, conjunto mecânico mais que competente e um visual moderno. Mas diferença de R$ 25 mil pela carroceria Sportback só se justifica se o comprador realmente fizer muita questão do estilo cupê. Já que ambos são dinamicamente idênticos (e isso é muito bom).

>>Avaliação: Audi Q3 Black é prova que luxo não tem que ser esportivo

>>Audi e-tron S Sportback vai contra toda realidade | Impressões

>>RS e-tron GT é um elétrico da Audi que ronca como esportivo | Impressões

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar