Avaliação Destaque Novidades

Avaliação: Renault Captur 1.6 CVT roda com suavidade

Modelo agrada quando é dirigido na cidade
Captur 1.6 CVT (reprodução)

Presente no mercado brasileiro desde o início do ano, o Renault Captur ganhou a versão 1.6 com câmbio CVT seis meses atrás para tentar aumentar as vendas do modelo, que tem concorrentes de peso num segmento muito disputado. Andamos no Captur CVT e falamos para você se ele é uma melhor opção frente ao modelo 2.0 com caixa automática de quatro marchas.

Equipado com motor 1.6 de até 120 cv, o Captur CVT é vendido em duas versões: Zen (R$ 86.450) e Intense (R$ 89.950). Durante nosso contato com o SUV, podemos afirmar que essa versão traz a característica suavidade das caixas do tipo continuamente variáveis. E o destaque fica para quando o modelo é conduzido no trânsito da cidade, pois roda macio e silencioso na maior parte do tempo. Porém, a situação se inverte quando o modelo sente o peso dos seus 1.300 kg na estrada, frustrando principalmente nas retomadas.

Abaixo, dê o play e confira a avaliação completa do Captur 1.6 CVT com Benê Gomes:

Veja mais:

>> Andamos no novo JAC T40, um chinês evoluído

>> Avaliação: Argo 1.8 é bom de guiar, mas deve equipamentos

>> Salão de Frankfurt: novo Duster é revelado por completo

Sobre o autor

Avatar

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva