Destaque Novidades

Concept XM: agora a BMW foi longe demais com o tamanho da grade?

Basicamente, 60% da dianteira do novo BMW XM é constituída pela grade frontal e por elementos que a destacam
BMW Concept XM [divulgação]
BMW Concept XM [divulgação]

Há tempos especula-se sobre a criação de um SUV da BMW exclusivo da divisão M. Tanto, que o modelo nem seguiria mais a nomenclatura padrão da marca para adotar o nome de um antigo Citroën. Revelando que as especulações estavam certas, a BMW revelou o inédito XM. Mas fica a dúvida: será que o tamanho da grade foi longe demais?

Os mais recentes lançamentos da marca alemã têm colocado em evidência a grade frontal. Quer seja pelo tamanho exagerado, como nos novos M3 e M4, ou pelo formato inusitado como o do SUV iX. Mas no BMW XM, a marca alemã provou que pode ir além.

Ao contrário dos modelos anteriormente citados, onde a grade frontal é mais verticalizada e chega até a base do para-choque, a do BMW XM segue o formato típico de outros carros da marca. A questão está na proporção. Repare como a grade frontal ocupa algo em torno de 60% de toda dianteira do SUV gigante.

BMW Concept XM [divulgação]
BMW Concept XM [divulgação]
Os faróis são finíssimos e a grade, que é iluminada, é quem rouba toda atenção da dianteira. O fato de a BMW ainda colocou plástico preto envolto à grade frontal ajuda ela a se destacar ainda mais. As linhas do para-choque também ajudam na sensação de amplitude da peça. Ou seja, o que já é grande, fica ainda maior.

Apesar de ainda ser um conceito, o BMW XM de produção deve ser muito parecido com o modelo das fotos. Alguns exageros como as luzes extras no teto e as rodas devem mudar no modelo final. Para-lamas quadrados lembram dos modelos da Jeep e conversam com a linha de cintura forte marcada por um friso preto.

BMW Concept XM [divulgação]
BMW Concept XM [divulgação]

Dois logos BMW

A traseira é baixa para um SUV, com tampa do porta-malas pequena e visual afunilado para ajudar na sensação de esportividade. Tal qual o BMW M1 foi o primeiro modelo feito inteiramente pela divisão M, o XM tem dois logotipos da marca na traseira, Eles ficam localizados na parte superior do vidro em um ressalto do aerofólio.

Lanternas finíssimas em LED dão um tom maldoso à traseira, o que ajuda na esportividade. Já a saída de escape quadrupla chama atenção pelo formato que faz lembrar o logotipo da Renault cortado ao meio. Já a cabine tem mais cara de carro de produção, apesar do couro marrom. Telas paralelas remetem aos carros da Mercedes-Benz.

BMW Concept XM [divulgação]
BMW Concept XM [divulgação]
O tamanho de jamanta é compensado pelo motor poderoso. São 750 cv e 101,9 kgfm de torque. Esse número só é possível por conta da eletrificação, já que o SUV é um híbrido do tipo plug-in. Para chegar aos 100 km/h ele precisa de apenas 3 segundos. Além disso, pode rodar até 80 km apenas na eletricidade.

>>JAC E-J7 quer brigar com Audi e BMW usando a eletricidade

>>BMW Série 3 é o Whopper do mundo dos carros | Avaliação

>>Compradores de Rolls-Royce são mais jovens do que os de Mini e BMW

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar