Moto+ Novidades

BMW S1000 RR: superesportiva muda visual na linha 2020

Modelo também ficou mais potente, chegando aos 207 cv
S 1000 RR 2020 (divulgação)

A moto mais potente da BMW está à venda no Brasil em sua nova geração! Estamos falando da nova S 1000 RR, que passou por uma reestilização na linha 2020, além de receber melhorias para ficar mais forte e ainda mais afiada dinamicamente. A novidade, produzida no país na fábrica de Manaus (AM), será vendida por aqui pelo preço de R$ 91.950.

A nova BMW S 1000 RR se trata da terceira geração da superesportiva, que vem equipada com novo motor de 999 cm3 que rende 207 cv a 13.500 rpm (8 cv mais potente que a antiga) e 11,5 kgfm de torque – com 10,2 kgfm disponíveis desde 5.500 rpm. Com isso, a marca afirma que a moto tem melhores respostas em baixas e médias rotações, o que ajuda na sua condução na cidade, por exemplo. A transmissão tem seis marchas.

S 1000 RR 2020 (divulgação)
S 1000 RR 2020 (divulgação)

Além do motor mais forte, a superesportiva ficou 11 kg mais leve ao receber novo quadro e suspensão, estes totalmente reprojetados. No pacote tecnológico, a S 1000 RR traz ainda sete modos de condução (Rain, Road, Dynamic e Race, além do Pro – que permite uma configuração personalizada em 3 níveis), controle de largada e tela de TFT configurável de 6,5 polegadas.

Já visualmente a superesportiva traz um design mais convencional, à exemplo dos faróis mais afilados e agora totalmente iguais. Na antiga geração, a BMW usava um desenho mais excêntrico dos faróis com uma solução assimétrica.

A nova S 1000 RR estará à venda nas concessionárias em duas cores: vermelha e cinza, com a segunda opção chegando somente em abril.

Veja mais:

>> Preço baixo é estratégia da Harley-Davidson

>> Ducati lança Superleggera V4, a moto mais cara do Brasil

>> Honda atualiza CB 650R e CBR 650R

Sobre o autor

Avatar

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva