Destaque Novidades

BMW quer se aproximar da Toyota e cortar cupês e conversíveis

Planos da BMW no futuro incluem mais SUVs, menos carros de baixo volume e uma forte aproximação com a Toyota
BMW Série 4 Conversível [divulgação]
BMW Série 4 Conversível [divulgação]

Depois da revelação do controverso BMW iX, a marca bávara revelou como se vê no futuro. Em entrevista à Reuters, Oliver Zipse, CEO da BMW, afirmou que quer um relacionamento mais próximo com a Toyota até 2025. Mas isso levará a cortes de alguns modelos importantes.

“Na próxima década, queremos fortalecer nossos laços”, comentou Zipse. Uma das questões que mais interessa em relação à parceria com a Toyota é a utilização de tecnologias ambientalmente corretas.

BMW iX [divulgação]
BMW iX [divulgação]
Há anos a Toyota deixa de lado o mercado de carros elétricos para investir com força em híbridos e modelos movidos a hidrogênio. Pontos nos quais a japonesa acredita que são mais viáveis para o futuro.

A BMW hoje tem uma linha de elétricos, mas pode facilmente seguir em outras direções ou ajudar a Toyota nessa vertente automotiva. A ideia também é reduzir custos de desenvolvimento e projeto, repetindo a fórmula de BMW Z4 e Toyota Supra, que usam mesma plataforma, motores e diversos componentes.

530e M Sport [divulgação]
530e M Sport [divulgação]
Só que a BMW também quer lucrar mais. Como os custos para a próxima geração de carros vai aumentar por conta da exigência de tecnologia e emissões de poluentes baixos na Europa, a marca vai focar em segmentos que dão mais dinheiro.

Se você pensou em SUVs, está certo. Esse é o grande desejo do público agora, a BMW sabe disso e vai investir nos utilitários esportivos, ou SAVs, como só a marca alemã chama. Para isso, fará um corte abrupto em modelos que pouco vendem.

Z4 (divulgação)
Z4 (divulgação)

Segmentos como os de cupês e conversíveis estão ameaçados dentro da BMW. Assim, carros como Série 2, Série 4 e Série 8 podem não ter um futuro tão promissor assim. Até mesmo o recém-lançado Z4 em parceria com a Toyota pode não ter mais uma geração.

>>BMW iX entra no segmento de SUV elétricos com modelo exótico

>> 530e chega ao Brasil com abertura por iPhone

>> X1 ganha versão especial no Brasil por R$ 274.950

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar