Novidades

BMW X1 ganha leve “tapa” no visual na Europa

Grade maior e motor híbrido estão entre as novidades
BMW X1 (divulgação)

A BMW aproveitou a deixa do lançamento do recente Série 1, para apresentar o facelift na versão SUV do derivado do hatch.

O BMW X1 passa a contar com novo design dianteiro, com destaque para a grade dianteira – que assim como no Série 1 e nos outros modelos da marca, está cada vez maior – além de um novo para choque dianteiro, traseiro e novas lanternas e rodas.

BMW X1 (divulgação)

Enquanto a grade cresce, os faróis vão na direção contrária e estão ligeiramente menores e, dependendo da versão, podem ter luzes em LED. O para choque ainda perdeu os tradicionais faróis de milha redondos, para seguir a mesma tendência do grandalhão X7 e dos demais SUVs da marca.

BMW X1 (divulgação)

A traseira ganhou uma nova lanterna, que também pode ter iluminação por LED, além do desenho em formato de L que garante um visual moderno.  Já no interior, a maior novidade fica por conta da nova tela de multimídia opcional de 8,8 polegadas.

BMW X1 (divulgação)

Debaixo do capô, o BMW X1 mantém os mesmos motores do modelo atual, mas a grande surpresa fica para 2020. Será a primeira vez que o SUV de entrada da BMW ganhará um sistema híbrido do tipo plug-in. A versão se chamará xDrive25e, que contará e ele terá uma autonomia de mais de 50 km no modo elétrico. Combinará o motor 1.5 turbo de três cilindros, que gera 125 cv, a um sistema elétrico de 95 cv no eixo traseiro. O facelift chega a Europa até o final do ano, já por aqui ainda não existem informações da BMW.

Veja mais:

>> BMW Série 3 GT não terá nova geração

>> BMW X5 M chega ao Brasil e parte de R$ 648.950

>> BMW X2 tem novo motor 1.5 flex e parte de R$ 191.950

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Jocar