Destaque Novidades

C4 Cactus: novo SUV da Citroën é lançado no Brasil

Com preço a partir de R$ 68.990, modelo vem com motor 1.6 THP e sistema de frenagem automática
Citroën C4 Cactus (divulgação)

A Citroën apresentou nesta terça-feira o novo C4 Cactus, lançamento mais importante da marca por aqui desde a atual geração do hatch C3 — lançada em 2012. A novidade vem para disputar seu espaço no aquecido segmento dos SUVs compactos, que tem Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks como destaques.

Nas lojas a partir de outubro, o novo C4 Cactus já está em pré-venda e pode vir com motor 1.6 ou o turbinado 1.6 THP. O modelo vem numa ampla faixa de preços, com valores que partem de R$ 68.990 e vão até R$ 98.990.

Citroën C4 Cactus (Auto+)

Visualmente, o C4 Cactus se destaca pelos faróis divididos, com os diurnos afilados na porção superior e os faróis principais na parte debaixo. O visual arredondado arremata o estilo, idem para o teto com cor diferente da carroceria e os “airbumps” laterais feitos para proteger as portas do modelo. Há ainda o spoiler integrado e lanternas de led com efeito tridimensional, que dá um visual interessante ao modelo (principalmente à noite).

Citroën C4 Cactus (divulgação)

Em relação ao C4 Cactus europeu, o modelo nacional ficou mais alto ao ganhar 3,4 centímetros na distância em relação ao solo, recebendo também barras de teto, opções de rodas de 16 ou 17 polegadas e carroceria em duas cores.

Citroën C4 Cactus (divulgação)

Por dentro, ele herda o mesmo painel de instrumentos digital do C4 Lounge, trazendo ainda novas saídas de ar e tela central deslocada mais para baixo. Apesar do tamanho um pouco menor que os concorrentes (tem 4,17 metros de comprimento, 1,71 m de largura e 1,56 m de altura), o C4 Cactus conta com uma distância entre-eixos de 2,60 m.

Vendido em seis versões, o C4 Cactus vem bem equipado e traz itens como sistema de frenagem automática, alerta de saída de faixa e alerta de colisão. Um capricho de segurança focado na versão mais cara, enquanto que as duas versões de entrada (Live e Feel manual) nem possuem controles de estabilidade e tração — item disponível somente a partir da Feel automática.

Citroën C4 Cactus (divulgação)

O motor 1.6 aspirado vem do C3 e gera 118 cv e 16,4 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. Quando equipado com o propulsor mais potente, o 1.6 THP dotado de turbocompressor com 173 cv e 24,5 kgfm, o modelo vem exclusivamente com caixa automática de seis marchas.

Nas provas de aceleração, o 1.6 aspirado manual vai de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos com câmbio automático e em 12 segundos com transmissão manual. Já o 1.6 THP dá uma personalidade esportiva para o SUV, pois cumpre o 0-100 km/h em 7,3 segundos e atinge máxima de 212 km/h.

Abaixo, confira os equipamentos e preços de cada versão:

  • Live 1.6 manual (R$ 68.990): traz airbag duplo frontal, volante com ajuste de altura e distância, ar-condicionado digital manual, computador de bordo, vidros, travas e retrovisores elétricos e luzes diurnas de leds (DRL). Há ainda sistema Isofix para cadeirinhas infantis, rodas aro 16 com calotas e central multimídia com tela de 7 polegadas e suporte a Apple CarPlay e Android Auto.
  • Feel 1.6 manual (R$ 73.490): os itens da Live, mais rodas de liga-leve de 17 polegadas, banco traseiro bipartido na proporção 60:40, câmera de ré, controlador e limitador de velocidade e vidros elétricos com função “um toque”
  • Feel 1.6 automático (R$ 79.990): como o Feel manual, mais assistente de partida em rampa, controles de estabilidade e tração, monitor de pressão dos pneus, faróis de neblina com função para curvas e transmissão automática de seis marchas.
  • Feel Pack 1.6 automático (R$ 84.990): tudo da Feel automática, mais volante revestido de couro, painel com acabamento emborrachado, alarme volumétrico, ar-condicionado automático e airbags laterais. Soma ainda chave presencial para acesso e partida, além de faróis e limpador de para-brisa automáticos.
  • Shine 1.6 THP automático (R$ 94.990): igual ao Feel Pack automático, mais bancos revestidos de couro, controle de tração ajustável Grip Control, freios traseiros a disco, barra de teto, rodas de 17 polegadas com acabamento diamantado e motor 1.6 turbo.
  • Shine 1.6 THP Pack automático (R$ 98.990): itens do Shine THP automático, mais, alerta de atenção ao motorista, airbags de cortina, alerta de saída de faixa, sistema de alerta de risco de colisão frontal e sistema de frenagem automática. Soma também retrovisor fotocrômico e indicador de descanso (recomenda uma pausa após o motorista dirigir a mais de 70 km/h por mais de duas horas)

Veja mais:

>> Citroën lança C3 Urban Trail inspirado no C4 Cactus

>> Avaliação: Creta Sport entrega visual descolado

>> Avaliação: EcoSport Storm, mais urbano do que parece

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Instagram

Jocar