Destaque Novidades

Câmbio CVT do Toyota Corolla será usado pelos Fiat turbo no Brasil

Transmissão CVT já era confirmada para os novos Fiat automáticos turbo e a escolha recaiu sobre a caixa do Toyota Corolla
Fiat Argo Trekking 2021 [divulgação]
Fiat Argo Trekking 2021 [divulgação]

A contagem regressiva para a chegada dos primeiros modelos turbo flex da Fiat e da Jeep já começou. A FCA havia anunciado há mais de um ano os novos Firefly turbo em versões 1.0 e 1.3, além do uso de uma transmissão CVT para eles. Informações obtidas pelo Auto+ revelam que o câmbio será o CVT DirectShift, usado também pelo Toyota Corolla.

Desde que foi anunciado que a Fiat teria um câmbio CVT associado aos novos motores Firefly turbo, muitas especulações foram levantadas. O fornecedor seria o mesmo da Toyota, o que estava claro desde o começo. Contudo, por questões de custo, aventava-se a possibilidade de que seria a caixa do Yaris, mais simples e barata.

Corolla
Toyota Corolla [divulgação]
A Fiat, no entanto, escolheu o câmbio CVT do Corolla. A transmissão conta com a primeira marcha física antes de entrar nas polias infinitas e, no caso do sedã da Toyota, simula até 10 marchas. A programação de simulação de marcha ficará à cargo da Fiat e da Jeep, que poderá ter menos ou mais marchas virtuais que o Corolla.

Fontes ligadas à marca afirmam que a escolha pelo CVT DirectShift do Corolla se deve ao uso dos consumidores Jeep e Fiat. O câmbio será aplicado em Jeep Renegade, Compass, Fiat Toro, Argo, Cronos e os futuros SUVs da marca italiana e no Grand Compass.

Jeep Renegade 2021
Jeep Renegade 2021 [divulgação]
Haverá também transmissão automática tradicional associada aos motores Firefly turbo, contudo, ainda não está certo qual dos modelos da lista acima não terá o câmbio CVT. A maior chance é que seja a Toro por conta da capacidade de carga necessária por ela ser uma picape.

Todos esses modelos da Fiat e da Jeep terão debaixo do capô motores Firefly turbo. Os compactos Argo, Cronos e os SUVs da Fiat serão equipados com o 1.0 três cilindros turbo com 125 cv. Já Toro, Compass, Renegade e o futuro Grand Compass usarão o 1.3 Firefly turbo com 185 cv em versão flex e também em uma inédita 100% etanol.

Fiat Strada
Fiat Strada [divulgação]
O câmbio CVT do Toyota Corolla será usado também por Argo, Cronos e por um dos SUVs da Fiat com motor 1.3 Firefly aspirado de 109 cv e 14,2 kgfm de torque. Outra novidade dessa aplicação será na picape Strada, fazendo dela a primeira picape compacta automática do mundo.

>>Avaliação: Fiat Strada Freedom é excelente, mas não compensa

>>Fiat Strada já tem seu primeiro aumento de preços e chega a R$ 82.290

>>Hyundai Santa Cruz, rival da Fiat Toro, será baseada no novo Tucson

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar