Destaque Novidades Serviço

Caminhão parado também exige cautela

Pneus, filtros e sistema de iluminação estão entre os itens que precisam de atenção especial
Caminhão DAF passa por manutenção (divulgação)

O período de isolamento social imposto pelo perigo de contágio da Covid-19 acaba exigindo que os veículos também cumpram quarentena. Mas, assim como os seres humanos, carros, motos e caminhões também precisam de ‘exercícios’ para continuar ‘em forma’. Dessa maneira, até para garantir a segurança dos motoristas e o abastecimento do país, é necessário manter os pesados em perfeito estado de funcionamento.

Antes de colocar o pé na estrada, é fundamental a checagem periódica de filtros, freios, suspensão, pneus, entre outros itens (você acompanha, detalhadamente, abaixo), pois, além de evitar surpresas desagradáveis ao longo do caminho, esse cuidado aumenta a vida útil dos componentes do caminhão.

Cabe salientar que a manutenção preventiva – que, inclusive, contribui para a redução da emissão de poluentes e consumo de combustível – deve acontecer, sempre, de acordo com as indicações do fabricante. E uma dica da PACCAR Parts, que trabalha com distribuição de peças de caminhões, é usar mão de obra qualificada, ferramental correto e, não menos importante, peças de qualidade.

Antes de falar nas dicas que podem ser feitas em casa (ou na garagem da transportadora, no caso de frotistas), vale destacar uma ação realizada pela DAF Caminhões. A empresa, que atua no mercado desde 2013, abriu sua rede de revendas para a campanha ‘De Portas Abertas’, que tem o objetivo de atrair motoristas oferecendo peças em condições especiais. Os serviços de manutenção podem ser feitos por agendamento.

Por falar em condições especiais, no objetivo de apoiar os transportadores nesses três primeiros meses de ampla instabilidade econômica, o consórcio Mercedes-Benz reduz em 50% o valor das três primeiras parcelas para caminhões. A condição especial é destinada aos clientes que comprarem cotas de consórcio em abril, porém, a diferença de valor será diluída a partir da quarta parcela

Além de cuidados, é preciso ficar de olho nas vantagens de negócios em época de pandemia (divulgação)

Seja você transportador ou proprietário, vale seguir as dicas abaixo. Confira:

Luzes e pneus: fique atento às luzes de advertência no painel e verifique o estado dos pneus. Além de configurar infração de trânsito, rodar com os pneus abaixo da espessura permitida reduz a eficácia das frenagens.

Filtro de óleo: o item deve ser substituído a cada troca de óleo para que os detritos, já filtrados, não prejudiquem o óleo novo. Se usado além de sua capacidade, o cumprimento da função fica comprometido e, em algumas, situações, pode até fundir o motor.

Filtro de ar: ideal seguir as especificações do fabricante, porém, para veículos que realizam atividades extremas (trânsito pesado, estradas com muita poeira, entre outros casos) é necessário mais atenção com o filtro de ar. Mantê-lo sempre em dia, diminui emissões de poluentes e gasto desnecessário de combustível.

Filtro de combustível: quando a peça apresenta desgaste, pode reter partículas como ferrugem e resíduos do tanque de combustível, provocando perda de potência do motor. Substitua conforme orientação do fabricante.

Freios: é importante verificar, com frequência, a espessura das lonas e o estado dos tambores. A vida útil desses componentes varia de acordo com a carga transportada, o tipo de direção e o uso do veículo. A checagem deve ser realizada no cavalo mecânico e, também, no implemento. Uma dica: sempre utilize o freio motor, pois ajuda a aumentar a vida útil das lonas e tambores de freio, além de permitir que eles estejam com 100% de eficiência na hora da frenagem.

Sistema de iluminação: verifique faróis, lanternas, piscas, luzes de posição, freio, ré, placa e faróis de neblina, pois cabe ressaltar que, por lei, todas as luzes devem estar em perfeito funcionamento. Caso contrário, o motorista pode ser multado.

Amortecedores: alguns sinais de desgaste são sutis, e dificilmente percebidos pelo motorista. Portanto, é preciso fazer a revisão periodicamente a fim de garantir conforto e estabilidade ao veículo.

Limpadores de para-brisa: a palheta do limpador de para-brisa é essencial para garantir a segurança, portanto, troque-a ao menor sinal de desgaste, como ressecamento, rachaduras e empenamento.

Limpeza interna: com pano úmido e sabão neutro (ou álcool, dependendo do componente), a ação evita a propagação de bactérias e até mesmo de insetos. Independe de pandemia, a higiene é mais que necessária, é imprescindível!

Veja mais:

>> É motorista de aplicativo? Saiba como barrar a Covid-19

>> Carro parado. E agora?

>> Cuidados com o combustível adulterado

Sobre o autor

Vagner Aquino

Vagner Aquino

Comente

Clique aqui para comentar