Destaque Mercado

CAOA Chery Arrizo 6 finalmente vende mais que o Honda Civic

Apesar de já estar aposentado, o Honda Civic ainda é o quarto sedã médio mais vendido do Brasil, mas foi atropelado pelo CAOA Chery Arrizo 6
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]

O segmento de sedãs médios teve uma baixa muito forte neste ano: o Honda Civic foi temporariamente aposentado. A produção nacional foi encerrada e a Honda aguarda até o ano que vem para que o Civic volte como um modelo híbrido. Enquanto isso não acontece, o CAOA Chery Arrizo 6 tenta roubar seus clientes.

Pela primeira vez desde que foi lançado no Brasil, o sedã chinês produzido em Jacareí (SP) foi o terceiro sedã médio mais vendido. Em abril, ele registrou 243 unidades vendidas, segundo levantamento da Fenabrave. É um resultado tímido perto das 1.115 unidades do Chevrolet Cruze e não representa nem 10% das 3.729 unidades do Toyota Corolla.

Contudo, foi suficiente para o CAOA Chery ficar em terceiro lugar e acima do Civic. O Honda vive de resto de estoque, já que a produção foi encerrada no ano passado. Outro que vive de resto de estoque e inexplicavelmente está no top 10 de abril é o Citroën C4 Lounge. Com 5 unidades emplacadas, vendeu até mais que o VW Jetta, que acabou de ser reestilizado.

Citroën C4 Lounge [divulgação]
Citroën C4 Lounge [divulgação]
A Kia mantém constância com o Cerato com tímidas 50 unidades vendidas, apenas 9 a mais que o recém-reestilizado Audi A3 Sedan. Tecnicamente um cupê de quatro portas, o Mercedes-Benz CLA conquistou o dobro das vendas em relação ao seu irmão careta o Classe A Sedan em abril.

Sedãs médios mais vendidos do Brasil em abril

  1. Toyota Corolla – 3.729 unidades
  2. Chevrolet Cruze – 1.115 unidades
  3. CAOA Chery Arrizo 6 – 243 unidades
  4. Honda Civic – 77 unidades
  5. Kia Cerato – 50 unidades
  6. Audi A3 Sedan – 41 unidades
  7. Mercedes-Benz CLA – 13 unidades
  8. Mercedes-Benz Classe A Sedan – 6 unidades
  9. Citroën C4 Lounge – 5 unidades
  10. Volkswagen Jetta – 4 unidades

>>10 carros Matusalém: os modelos mais longevos da história

>>Honda anuncia Civic hatch no Brasil e Civic Cross híbrido para 2023

>>Audi A3 2022 está em seu estado de arte | Impressões

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • As primeiras posições estão bem justas. Corolla por ser o carro com construção mais confiável e duradoura, Cruze por ter ótima qualidade e nível de equipamentos superior aos concorrentes, Arrizo por ser diferenciado e esteticamente mais moderno, embora provavelmente não tenha a durabilidade de um Corolla, e comprovadamente é bem menos equipado que o Cruze.