Avaliação Destaque

CAOA Chery Arrizo 6 PRO vai satisfazer futuros órfãos? | Impressões

Com futuro de Honda Civic e Chevrolet Cruze em dúvida, será que o CAOA Chery Arrizo 6 PRO é capaz de satisfazer os futuros órfãos?
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]

Primeiro foram os hatches médios, logo serão os sedãs médios a sucumbirem por causa dos SUVs. No Brasil, marcas como Nissan, Mitsubishi, Renault, Nissan, Peugeot e Citroën já desistiram de tentar brigar com o Toyota Corolla. Até a VW transformou o Jetta em carro de nicho para sair desse ninho de vespas. Mas a CAOA Chery resolveu tentar com o Arrizo 6.

O sedã médio chegou em versão única GSX recheada de itens de série por R$ 121.990 e agora amplia a família com o PRO de R$ 134.990. O preço extra tenta ser justificado pela lista de itens de série mais generosa e pelo visual renovado, já apresentado na China há alguns meses. Mas ele consegue suprir a falta que Honda Civic e Chevrolet Cruze farão?

Terreno do Corolla

Dentro do segmento de sedãs médios generalistas, o Toyota Corolla é o rei do conforto, o Honda Civic apela para a dinâmica prazerosa ao volante, enquanto o Chevrolet Cruze é o meio termo entre os dois. O CAOA Chery Arrizo 6 se encaixa justamente no mesmo tipo de vertente do sedã da GM, mas dá seta para o lado do Corolla.

CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
Prova disso é a suspensão totalmente voltada ao conforto. O Arrizo 6 PRO é macio e até um pouco molenga. Em curvas, ele as contorna de maneira comportada, mas não permite abusos na velocidade como o Civic, por exemplo. O que se passa no asfalto é copiado para a cabine em forma de balanços e sacolejos.

É a escola chinesa de suspensão, que privilegia o comportamento mais macio e a boa absorção de impactos pelo carro do que pela coluna do motorista. Entretanto, esse tipo de tocada combina mais com um SUV do que com um sedã médio que, em geral, tem espírito mais esportivo.

CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
A direção segue no mesmo curso: é levíssima e fácil de manobrar. Carece de um pouco mais de peso na estrada e na cidade, mas faz com que o Arrizo 6 seja um carro fácil e amigável de dirigir, com a vantagem de não cansar. Pena que a direção não tenha ajuste de profundidade, só de altura, sendo ela muito próxima do motorista.

Conversa atenta

Tal qual no irmão menor Arrizo 5 e na versão GSX que permanece em linha, o sedã PRO tem motor 1.5 quatro cilindros turbo de 150 cv e 21,4 kgfm de torque. É o modelo mais fraco do segmento em termos de potência, ganhando apenas do Corolla Hybrid. Contudo, o torque do Arrizo é superior ao dos Corolla e Civic com motor 2.0 aspirado.

CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
Ele fica pareado à transmissão automática do tipo CVT com nove marchas simuladas. E o casamento entre motor e câmbio é bem bom. O Arrizo 6 PRO responde bem aos comandos do acelerador e não tem aquele chato delay para encher o motor como muito acontece com diversos modelos CVT.

Pisou mais forte e ele já começa a ganhar força sem muita dificuldade. O desempenho é justo para a sua categoria, sem impressionar, mas sem ficar devendo. Os números de consumo oficial do INMETRO mostram bons resultados com gasolina (9,7 km/l na cidade e 11,9 km/l na estrada), enquanto com etanol ele já entorna o cano (6,5 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada).

CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
Apesar da suspensão macia, o Arrizo 6 PRO anda bem estável em velocidades altas. A carroceria parece flutuar pelas imperfeições do solo e ele desenvolve sem dificuldades. Passa sensação de segurança, apesar do volante leve. Ao menos não é suscetível a ventos laterais.

O único problema é o sistema de segurança aliado ao pisca alerta. Toda vez que você atropelar uma tartaruga, cair em um buraco sem querer, pisar um pouco mais forte no freio ou até passar por um sinalizador, o Arrizo 6 vai ligar o pisca-alerta involuntariamente como parte do aviso de segurança. Precavidamente exagerado.

CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]

Melhorias consistentes

A cabine do Arrizo 6 apresenta um visual bastante elegante, com toques de modelos da Audi. As linhas horizontalizadas que compõem a cabine são acompanhadas por uma saída de ar conectada e que dá destaque à nova central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay de série.

Ele conta agora com painel de instrumentos totalmente digital configurável. Há ainda luzes temáticas nas laterais e também no painel. O console central foi totalmente modificado e ficou mais alto que antes, envolvendo o motorista em um espaço próprio. Qualidade dos matérias é boa, com muitas superfícies macias ao toque – exceto por uma sessão na parte superior da porta.

CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
Já no quesito espaço interno, o CAOA Chery manda bem. Maior modelo da categoria, ele tem 4,67 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,49 m de altura e entre-eixos de 2,65 m. Isso garante espaço interno farto para quem se senta na frente, com o advento de regulagem elétrica para o motorista.

Mas também quem se senta atrás está bem servido. O Arrizo 6 tem boa área para as pernas, enquanto a cabeça raspa no teto no caso de pessoas mais altas. Culpa do formato acupezado do sedã chinês. Já o porta-malas de 570 litros é o maior da categoria, mas a forração usada na parte interna tem qualidade decepcionante.

CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
CAOA Chery Arrizo 6 PRO [Auto+ / João Brigato]
Outro ponto de alteração no modelo foi o exterior. Ele está mais elegante e moderno, com menos exageros. Ganhou grade frontal menor com filetes horizontais, para-choque mais discreto e rodas de liga-leve novas (que parecem pequenas, mas são de 17”). Há ainda novas lanternas conectadas com lente escura e a placa desceu para o para-choque.

Veredicto

Bater o Toyota Corolla é algo difícil, para não dizer quase impossível. A própria CAOA Chery sabe e admite isso. Contudo, o Arrizo 6 PRO quer a fatia de mercado que ficará aberta com a desistência de tradicionais concorrentes. Segmento de sedãs médios tem seu público fiel, ainda que parte tenha migrado para o dos SUVs.

[Auto+ / João Brigato]
[Auto+ / João Brigato]
A marca merece pontos de ousadia por estar avançando com um carro em duas versões dentro de um segmento que mingua. O Arrizo 6 PRO tem no preço e lista de itens de série farta como sua grande vantagem. Mas faltou polimento na condução e pequenas melhorias de ergonomia.

É nítido o potencial do Arrizo 6 PRO dentro do segmento. Basta mais ajuste de altura no banco do motorista, regulagem de profundidade no volante, deixar volante e suspensão mais firmes e melhorar a rigidez da categoria para chegar no nível de seus rivais. Contudo, os órfãos do Cruze se encontrarão felizes aqui. Já os do Civic, sentirão falta de um tempero a mais.

>>Exclusivo: Chery terá picape maior que a Fiat Toro em 2025

>>CAOA Chery lança condições especiais para PcD para Tiggo 2 e Tiggo 3X

>>CAOA Chery Tiggo 3X vs. VW Nivus: quem oferece mais por menos?

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar