Novidades Serviço

Caoa Chery muda procedimentos de pós-venda por quarentena

Manutenções previstas no manual do proprietário foram estendidas para até 30 de abril
CAOA Chery Tiggo 5X 2021 (divulgação)

A pandemia por conta do Coronavírus (Covid-19) infelizmente continua. Com isso, as montadoras pararam suas linhas de produção e adaptaram serviços, à exemplo da Caoa Chery, que anunciou mudanças no seu pós-venda.

Segundo a marca, a partir dessa terça-feira (31) a obrigatoriedade das manutenções periódicas, relacionadas à garantia dos veículos, terá o prazo estendido para até 30 de abril de 2020. Mas o prazo pode ser aumentado caso o período de isolamento se estenda no país. Caso algum cliente tenha que usar o carro após os 2.000 km previstos no plano de manutenção do manual, é preciso contatar a Caoa Chery para saber como proceder.

Caoa Chery Arrizo 5 (Auto+)

Vale lembrar que as concessionárias da marca continuam operando, seguindo a regulamentação dos governos federal, estaduais e municipais, já que o serviço de manutenção automotiva se encaixa nos serviços essenciais. Porém, a marca recomenda entrar em contato com a concessionária antes de ir até a oficina para ter certeza que ela estará em funcionamento. Outra dica é agendar o serviço para evitar aglomerações.

A Caoa Chery afirma ainda que adotou medidas extras de higienização, afim de seguir todas as recomendações e orientações de saúde e segurança, o que inclui limpeza das lojas e veículos, bem como na conduta dos profissionais de atendimento ao público.

Veja mais: 

>> Coronavírus exige higienização também dentro do carro

>> Ford adia parcelas de financiamento por conta do Coronavírus

>> Governo libera motorista com CNH vencida devido ao coronavírus

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva