Destaque Novidades

Capital paulista terá rodízio 24 horas por dia

Novo formato prevê restrição de circulação estabelecida por placas com final par ou ímpar
trânsito
Rodízio municipal em São Paulo (reprodução)

Suspenso desde o dia 17 de março, o rodízio municipal de veículos volta a vigorar na cidade de São Paulo na próxima segunda-feira (11), porém, com medidas mais rígidas. De acordo com a Prefeitura da capital paulista, que prevê redução do trânsito na cidade em 50%, os carros terão restrição estabelecida por placas com final par ou ímpar. A medida também valerá aos finais de semana.

“É necessário para evitarmos o lockdown na cidade. Estamos tentando evitar uma medida extrema, que é impedir a circulação de pessoas na cidade de São Paulo”, afirmou o prefeito Bruno Covas, durante coletiva online na sede da Prefeitura nesta quinta-feira (7).

O rodízio passa a valer para toda cidade de São Paulo, não apenas no centro expandido. O horário também foi ampliado e passa a valer 24 horas do dia, não só nos períodos entre 7h e 10h e 17h e 20h, como era feito anteriormente.

Para entender
Nos dias pares (do mês) circulam carros de placa com final par e, nos dias ímpares, circulam carros com final ímpar. Os carros com final zero são considerados final par.

De acordo com o comunicado, todos os profissionais da área da saúde serão excluídos do rodízio. Para isso, deverão se cadastrar no email: [email protected]

Veja mais:

>> Rodízio de pneus: como fazer?

>> São Paulo ganha oficina especializada em Porsche

>> Placas do Mercosul começam a valer a partir desse sábado (1)

Sobre o autor

Vagner Aquino

Um comentário

Clique aqui para comentar

  • Queria poder questionar a dupla prefeito/governador se vamos ter 50% de desconto no ipva, afinal só poderemos utilizar o carro em metade do ano. Olha bem de onde estão vindo as ações de que lembram a ditadura….