Curiosidades Destaque

Os cinco carros mais importantes lançados em 2021

Com o ano se encerrando, hora de revisar quais carros foram os lançamentos mais importantes do ano de 2021
Fiat Pulse Impetus [divulgação]

Conturbado por conta da crise dos semicondutores e do coronavírus, o ano de 2021 ainda assim foi recheado de lançamentos. Por isso, elencamos aqui os cinco carros mais importantes que estrearam nesse ano que passou. O grande destaque vai para o grupo Stellantis com a maior parte dos lançamentos de impacto.

Vale ressaltar que a lista não está em ordem de importância ou alfabética, apenas de maneira totalmente aleatória. A escolha de cada modelo se deu por conta do impacto exercido no mercado.

Fiat Pulse

Desde que a FCA se formou, as revendas Fiat clamavam por um SUV. A marca até tentou trazer o Dodge Journey com outro logotipo, mas isso não funcionou. Agora em 2021, o Fiat Pulse estreou de maneira bastante inteligente: pega o que há de melhor no Argo com preço abaixo do Jeep Renegade.

Fiat Pulse Audace [divulgação]
Fiat Pulse Audace [divulgação]
Funcionando como porte de entrada dos SUVs no lado FCA da Stellantis, o Fiat Pulse aproveita de muitos elementos do Argo, mas passa longe de ser uma versão de salto alto do hatch. Ainda está em seus primeiros meses de vendas, mas já mostrou fôlego para galgar posições altas. A aposta dos especialistas é que ele pode se tornar o carro mais vendido do Brasil em 2022.

Jeep Commander

Apesar do sucesso do Compass e do Renegade na Jeep, a marca norte-americana tinha um buraco gigantesco entre sua linha nacional e os importados Grand Cherokee e Wrangler. Para suprir esse espaço e atender à crescente demanda por SUVs de sete lugares, o Commander foi lançado.

carros
Jeep Commander [divulgação]
Ele é o primeiro Jeep desenvolvido no Brasil e, a princípio, ficará restrito somente aos mercados latino-americanos. Tem motor flex para brigar com CAOA Chery Tiggo 8 e opção diesel para tirar uma casquinha do Toyota SW4. Para 2022, as chances de que ele se torne o SUV de sete lugares mais vendido do Brasil são enormes.

Toyota Corolla Cross

A jogada de mestre da Toyota em 2021 se chama Corolla Cross. Afinal, a marca japonesa pegou o seu produto de maior sucesso mundial e o colocou na categoria mais desejada do momento. Ainda que o Corolla Cross seja evidentemente simplificado em relação ao sedã e, mesmo assim, bem mais caro que ele. Ainda tem o título de único SUV híbrido nacional.

Toyota Corolla Cross XRX Hybrid [Auto+ / João Brigato]
Toyota Corolla Cross XRX Hybrid [Auto+ / João Brigato]
Durante o lançamento, a mídia especializada apostava que ele ficaria em terceiro lugar na disputa contra Jeep Compass e Volkswagen Taos. Contudo, a força do nome Toyota colocou o modelo como segundo SUV médio mais vendido do Brasil. Além disso, no ranking geral dos SUVs, ele aparece sempre entre os 10 mais comercializados no mês.

Fiat Toro

Apesar de ter sido somente uma reestilização, a Fiat Toro entra nessa lista dada sua importância no mercado e por corrigir as falhas anteriores. A picape intermediária é única no mercado por enquanto, afinal da Ford Maverick só chega no ano que vem. Mas por causa dela, hoje a Hyundai, Ford e a Chevrolet têm picapes intermediárias em seu portfólio.

Fiat Toro Ultra Diesel [Auto+ / João Brigato]
Fiat Toro Ultra Diesel [Auto+ / João Brigato]
Ela se consagra como um dos carros mais importantes lançados em 2021 por estrear na Fiat o motor 1.3 Firefly turbo. Com ele, a picape finalmente perdeu a fama de manca e beberrona. Ainda que o motor turbo não seja sinônimo de economia, como pudemos comprovar em um teste comparativo com a antiga Toro com motor 1.8 aspirado.

Honda City

Lançado no último mês do ano, o Honda City de nova geração tem uma missão mais do que árdua. Ele não somente substitui o sedã antigo, como também toma o lugar do Civic. O hatch, que é a grande novidade, ocupa o posto deixado por Fit e WR-V. Além de agora oferecer uma real alternativa aos hatches compactos do mercado.

carros
Honda City [divulgação]
Sua entrada na lista é justa pelo movimento forte que ele provocou dentro da Honda. Além disso, trouxe novas tecnologias para o segmento, como piloto automático adaptativo que não existe em sequer um concorrente direto. Além disso, o Honda City e o City Hatch são os primeiros compactos com todas as versões acima de R$ 100 mil.

>>Honda New City 2022 é o novo Civic? | Impressões

>>Corolla Cross vs Taos: qual real alternativa ao Compass? | Comparativo

>>Fiat Toro turbo flex 2022 não é rainha à toa, mas segue bebum | Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • O City pode ter melhorado, mas ainda é um City, Civic e Fit eram os carros de seu segmento. Eu não compraria um City e a Toyota com certeza entraria na minha garagem.

  • Eu só queria entender por qual motivo o Jeep Comander tem na parte de cima dos faróis dianteiros aquele excesso cor de aço escovado. Aquilo é horroroso. Os faróis são afilados, bonitos, daí tem aquele troço sobrando.