Curiosidades Destaque

Obituário: 20 carros que saíram de linha em 2021

Lista de carros que saíram de linha em 2021 vai aumentar ainda mais com a virada do ano que decretará a morte de vários modelos no Brasil
carros
Honda Fit [divulgação]

Ano acabando e chega a hora da tradicional lista dos carros que saíram de linha no Brasil. Alguns dos modelos aqui presentes se aposentaram momentaneamente enquanto seus sucessores não chegam, enquanto outros deixaram o mercado para abrir espaço para modelos mais caros.

Ainda que diversos carros estejam com o prazo de validade estabelecido para 31 de dezembro, a lista dos modelos que já saíram de linha em 2021 chegou a 20 carros. O aumento na virada do ano se dará por conta do Proconve L7 que fará com que modelos como Renault Sandero RS figurem nessa lista. Contudo, a grande maioria terá estoque até o próximo ano, por isso não entraram nessa lista agora.

Hatches

Com o mercado cada vez mais adepto aos SUVs, os hatches perderam bastante espaço. Com isso, modelos emblemáticos como Volkswagen Fox e Honda Fit saíram de linha. No caso do Fox, que levou consigo também o up!, a marca alemã pretende tomar o lugar dos antigos modelos com uma versão simplificada do Polo. Já o Fit, abriu espaço para o City Hatch.

Volkswagen up! Xtreme 2021 [divulgação]
Volkswagen up! Xtreme 2021 [divulgação]
A lista dos carros que morreram em 2021, na divisão dos hatches, ainda tem o Citroën C3 que será substituído por um modelo com ares de SUV no ano que vem. Kia Rio morreu sem que muita gente soubesse que ele foi um dia vendido por aqui. Já o Toyota Etios ainda é produzido no Brasil, mas somente para exportação.

Uma baixa mundial foi o Ford Ka. Poucos meses depois de a Ford fechar a fábrica no Brasil e decretar o fim de seu modelo compacto, ela também fechou a planta na Índia. Com isso, o Ka morreu globalmente.

Ford Ka [divulgação]
Ford Ka [divulgação]

Sedãs

Versões sedãs de hatches compactos foram embora junto deles. Assim, Ford Ka Sedan e Toyota Etios Sedã saíram de linha ao mesmo tempo que seus irmãos. Entre os compactos, ainda tivemos a baixa do CAOA Chery Arrizo 5 e do Nissan V-Drive. Honda Civic se despediu agora no fim do ano, mas seu irmão cupê Civic Si morreu nos primeiros meses de 2021.

SUVs

Dos SUVs que morreram em 2021, o mais emblemático talvez seja o Ford EcoSport. Primeiro modelo dessa categoria, que depois levou à criação de diversos carros para brigar com ele diretamente, se despediu junto do fechamento da fábrica da Ford. Hoje ele é produzido somente na Europa, mas não deve sobreviver ainda por muito tempo.

Ford EcoSport
Ford EcoSport [divulgação]
A lista ainda traz o Mitsubishi ASX, descontinuado em favor do Outlander Sport. Ainda que eles tenham convivido por um bom tempo juntos. Já o CAOA Chery Tiggo 7 foi substituído pela nova geração com sobrenome Pro. A Volkswagen deu fim ao Tiguan no Brasil, mas momentaneamente – ele volta em 2022 reestilizado e mais equipado.

Já a Ford matou de vez a Troller, última marca de carros nacionais ainda viva. Houve baixa também de todas as versões a combustão do Volvo XC40, vendido agora somente como carro elétrico. Já a Citroën finalizou a produção do Aircross (que tecnicamente é uma minivan). Já a Honda aposentou o WR-V junto do Fit.

Mitsubishi ASX [divulgação]

Picapes

No segmento de modelos com caçamba, o ano de 2021 teve somente duas baixas. A Chevrolet Montana morreu como picape compacta, mas retornará como intermediária. Assim, deixa de disputar mercado com Fiat Strada e Volkswagen Saveiro para arrumar encrenca com Ford Maverick e Fiat Toro.

Já a Fiat Strada de primeira geração saiu de linha devido ao sucesso do novo modelo. A Stellantis tentou manter o modelo antigo como opção de entrada, mas o mercado preferiu a caminhonete mais nova, especialmente por conta da pouca diferença de preço. Para o próximo ano, a Fiat planeja uma versão mais barata da nova Strada.

Chevrolet Montana (divulgação)

>>5 carros que a Toyota vendeu e que não são Toyota de verdade

>>Chevrolet é dona dos 3 carros mais vendidos na parcial de dezembro

>>CAOA Chery produzirá carros híbridos no Brasil e promete mais em 2022

Sobre o autor

João Brigato

Um comentário

Clique aqui para comentar