Destaque Novidades

Chery quer fabricar carros elétricos na Argentina. CAOA se beneficiará?

Enquanto no Brasil a CAOA Chery produz somente SUVs e sedãs movidos a combustível fóssil, divisão argentina quer fazer carros elétricos
Chery EQ5 [divulgação]
Chery EQ5 [divulgação]

Atuando em solo argentino desde 2008, a Chery promete há mais de uma década produzir carros no país vizinho. Enquanto aqui no Brasil a marca chinesa possui duas fábricas por conta da CAOA, por lá ela atua somente com modelos importados da China. Contudo, a história pode mudar com a fabricação de carros elétricos.

Em nota oficial divulgada à imprensa argentina e publicada no Argentina Autoblog, a Chery oficializou suas intenções de construir uma fábrica na Argentina. A ideia é aproveitar dos incentivos fiscais que o governo promove para carros elétricos e produzir somente esse tipo de modelo por lá.

Assim, as fábricas brasileiras da CAOA Chery continuam a fazer os modelos a combustão Tiggo 2, Tigog 3X, Tiggo 5X, Tiggo 7, Tiggo 8, Arrizo 5 e Arrizo 6. Já a planta argentina será responsável pela fabricação de carros 100% elétricos.

Chery EQ1 [divulgação]
Chery EQ1 [divulgação]

Linha eletrificada

Atualmente a Chery tem em seu portfólio eletrificado poucos modelos. Aqui no Brasil é oferecido o Arrizo 5e importado da China e que pode ser feito também na Argentina futuramente. Lá fora a marca ainda conta com o minicarro EQ1, o envelhecido sedã compacto EQ2 e o recente SUV compacto EQ5 – todos 100% elétricos.

A localização da fábrica de carros elétricos da Chery na Argentina não foi estabelecida. Contudo, a marca pretende erguer a planta perto da região portuária para facilitar a exportação e também reavivar a área, que estava decadente.

Chery EQ5 [divulgação]
Chery EQ5 [divulgação]
É possível que a CAOA Chery importe alguns dos modelos elétricos produzidos da Argentina, visto que a marca já prometeu investir em eletrificação no Brasil. O Arrizo 5e é o único modelo elétrico da marca no Brasil, mas ele é vendido somente para frotistas. Versões híbridas dos SUV da família Tiggo também são esperadas para breve.

>>Novo Tiggo 3X turbo CVT ficará entre Tiggo 2 e Tiggo 5X

>>CAOA Chery já produziu 50 mil carros no Brasil

>>Arrizo 6 vende mais que o Cruze em abril

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar