Destaque Novidades

Chevrolet Bolt amplia família com SUV elétrico que será virá ao Brasil

Novos Chevrolet Bolt EV e Bolt EUV mostram que uma letra pode mudar muita coisa além do visual
Chevrolet Bolt EUV e Bolt EV [divulgação]
Chevrolet Bolt EUV e Bolt EV [divulgação]

Antes solitário e único elétrico da Chevrolet, o Bolt acaba de constituir família. Além do modelo com pegada de minivan que conhecemos, agora a gama traz o SUV elétrico Bolt EUV. Ambos devem ser vendidos no Brasil em 2022 como parte dos planos de eletrificação globais da GM.

O novo Chevrolet Bolt EV trouxe uma importante e significativa renovação visual. A dianteira adorou faróis full-LED divididos em duas porções, sendo a segunda disfarçada em um plástico preto que nasce na linha dos vidros. A gravatinha da Chevrolet agora fica sozinha na porção superior do para-choque, enquanto a grade frontal ficou ainda mais fechada.

Na traseira, o Bolt recebeu novas lanternas de LED com desenho interno mais simples, para-choque remodelado e nova disposição das luzes auxiliares. As rodas de liga-leve também são novas e marcam as mudanças do elétrico nas laterais.

Chevrolet Bolt EV [divulgação]
Chevrolet Bolt EV [divulgação]
Por dentro o estilo minivan futurista foi abandonado em favor de um layout mais próximo ao dos SUVs da marca. O volante foi herdado do Trailblazer chinês/norte-americano, enquanto a central multimídia ganhou tela mais larga. Há novos botões para controlar a transmissão, enquanto os bancos foram trocados.

O Bolt EV continua com o mesmo motor elétrico de 200 cv e 36,7 kgfm de torque. A autonomia de 416 km é provida pelas mesmas baterias de 65 kW/h que foram recentemente atualizadas. Segundo a GM, o carregamento rápido ficou mais veloz com 161 km de autonomia recuperados em 30 minutos.

Bolt EUV

A letra U a mais no nome do Bolt EUV significa bastante coisa. Especificamente Utility: utilitário em bom português. Ou seja, esse é o SUV do Bolt. Ainda que os modelos se pareçam bastante, o novo membro da família é 15 cm mais longo e tem entre-eixos ampliado em 7,6 cm.

Ele usa o mesmo conjunto mecânico do Bolt EV, mas tem autonomia reduzida para 402 km por conta do peso extra e também da aerodinâmica piorada por conta do visual mais parrudo. O Bolt EUV tem dianteira mais alta com capô reto, mas mantém o layout de faróis divididos do modelo regular.

Chevrolet Bolt EUV [divulgação]
Chevrolet Bolt EUV [divulgação]
Nas laterais, plásticos pretos dominam as caixas de rodas e parte inferior a fim de dar ao modelo um estilo SUV. A traseira visualmente alta traz vincos fortes e para-choque com vasta área em preto. O estilo geral lembra o Bolt, mas com linhas mais retas e robustas. Por dentro eles são idênticos.

Uma das inovações do Bolt EUV é trazer o sistema Super Cruiser da Cadillac. O sistema de condução semiautônomo é um dos mais elogiados do mercado e o SUV elétrico é o primeiro modelo da GM fora da marca de luxo a ser equipado com ele. Outra exclusividade é o teto solar, indisponível no modelo regular.

>>Ford Fiesta deve morrer em 2024 e ser substituído por um elétrico

>>Cadillac volta ao jogo do esportivos com CT4-V e CT5-V Blackwing

>>Em 2035, todos os GM serão elétricos. Até o Chevrolet Onix?

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar