Destaque Novidades

Chevrolet Equinox RS será produzido em 2021 e deve vir ao Brasil

Apresentado junto à reestilização da atual geração, o Chevrolet Equinox RS deve reforçar time de esportivados da GM no Brasil
Chevrolet Equinox RS [divulgação]
Chevrolet Equinox RS [divulgação]

Diferentemente do Brasil onde um modelo é apresentado já com as linhas de produção a todo vapor, lá nos Estados Unidos muitos lançamentos são feitos com muita antecedência, como aconteceu como Chevrolet Equinox reestilizado e a versão RS. O carro é apresentado e, muitas vezes, um ano depois chegam às revendas.

Em um período conturbado como foi 2020, as coisas podem ficar ainda piores. Não somente o Equinox reestilizado atrasou, como seu irmão maior Traverse ainda não chegou às revendas da General Motors nos Estados Unidos.

Atrasou, mas vem

As mudanças em ambos foram apresentadas mais ou menos na mesma época e a ideia é que fizessem parte da linha 2021. Com os atrasos, Equinox e Traverse reestilizados serão lançados somente no próximo ano, possivelmente como linha 2022.

Para o SUV médio vendido no Brasil, a novidade mais importante fica por conta da versão esportiva RS. Anteriormente oferecida somente na China, essa variante ganhará novos mercados e pode, inclusive, ser oferecida por aqui quando o novo Equinox chegar.

Chevrolet Equinox RS [divulgação]
Chevrolet Equinox RS [divulgação]
Tal qual o Onix RS, o Equinox RS não passa de maquiagem para parecer algo que ele não é. As mudanças incluem maior área pintada no para-choque, saída quadrupla de escape, além de pintura preta no logotipo, grade frontal, rodas de liga-leve, rack de teto e nas bordas das janelas.

Por dentro, o Equino RS tem todo acabamento em preto, detalhes cromados substituídos por plástico black piano e costuras vermelhas. A fórmula é exatamente a mesma do Onix RS recentemente lançado no Brasil.

Chevrolet Equinox RS [divulgação]
Chevrolet Equinox RS [divulgação]

Tchau Camaro

Vale lembrar que o SUV médio reestilizado da Chevrolet trocará o motor 2.0 quatro cilindros turbo do Camaro de 262 cv e 37 kgfm de torque pelo mesmo 2.0 quatro cilindros turbo usado por outros SUVs da marca. Hoje nos EUA esse motor representa somente 7% das vendas do Equinox.

O propulsor está debaixo do capô do Cadillac XT4 e do Chevrolet Blazer e entrega 240 cv e 35,6 kgfm de torque. Apesar da baixa na cavalaria, esse motor promete números bem melhores de consumo – algo que o atual 2.0 não é nem um pouco referência.

Chevrolet Equinox RS [divulgação]
Chevrolet Equinox RS [divulgação]
O 1.5 quatro cilindros turbo usado no Brasil nas versões LT, Midnight e Premier continuará com seus 172 cv e sem alterações. Basta agora a GM iniciar a produção do modelo reestilizado e os estoques destinados ao Brasil acabarem para que recebamos o SUV renovado, o que deve ocorrer em meados de 2021.

>>Chevrolet Onix RS mira esportividade, acerta no conforto – Avaliação

>>Chevrolet Equinox mostra como é o Onix nos EUA – Avaliação

>>ZAZ: a estranha marca que faz velhos Chevrolet, Daewoo e Chery até hoje

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar