Destaque Novidades

Chevrolet pode seguir a Ford e só ter SUVs, picapes e esportivos

Ao menos nos EUA, agora a Chevrolet tem apenas um modelo que não se encaixa nessa categoria e ele deve morrer
Chevrolet Malibu [divulgação]
Chevrolet Malibu [divulgação]

Depois de tirar o Spark de linha, o único carro de passeio da Chevrolet que sobrou nos EUA foi o Malibu. Mas ao que tudo indica, a presença do sedã grande no mercado está em grande dúvida. Com isso, a Chevrolet pode seguir os passos da Ford e vender somente SUVs, picapes e esportivos. A estratégia, contudo, não afeta o Brasil.

Tal qual a Ford vende hatches e até peruas na Europa, mas não oferece nada além de SUVs, picapes e o Mustang nos EUA, a Chevrolet pode fazer o mesmo. Atualmente a linha de modelos nos EUA só tem o Camaro, Equinox e Bolt compartilhados com o Brasil.

Recentes rumores até afirmam que o Bolt EV não deve continuar por muito tempo, sobrando só a versão SUV batizada de Bolt EUV. Sem o Spark, Bolt e a possível morte do Malibu, restam apenas SUVs, picapes e os esportivos Camaro e Corvette nos EUA.

Chevrolet Malibu [divulgação]
Chevrolet Malibu [divulgação]

Linha Chevrolet nos EUA

Atualmente o portfólio de modelos da Chevrolet nos EUA começa com os SUVs Trax (antigo Tracker) e Trailblazer (diferente do nosso Trailblazer derivado da S10) com preço na faixa dos US$ 21 mil (R$ 110 mil). O patamar sobe com o Equinox, seguido pelo novo Blazer e os SUVs grandes de sete lugares Traverse, Tahoe e Suburban.

Entre as picapes, a Chevrolet oferece a Colorado, parente americana da S10, na faixa dos US$ 25 mil (R$ 131 mil). Já a Silverado tem versões regulares e a parruda HD, equivalente à RAM 2500 e 3500. O Camaro sai na mesma faixa de preço da Colorado, enquanto o Corvette só não é o carro com preço inicial mais caro da Chevrolet por causa do SUV gigante Suburban.

Chevrolet Traverse [divulgação]
Já aposentado, o Spark saia por US$ 13.600 (R$ 71.834). Já o Malibu, que não tem encomendas abertas para a linha 2022/2022 por falta de demanda, segundo o Cars Direct. O sedã, vale ressaltar, começa em US$ 23.400 (R$ 123.597). Aqui no Brasil, o Malibu foi vendido há duas gerações, quando ainda tinha estilo inspirado no Corvette.

E o Brasil?

Por falar em Brasil, a decisão da Chevrolet dos EUA em focar em SUVs e picapes não afeta diretamente o nosso país. Afinal, o mercado de compactos, em especial o dominado pelo Onix e Onix Plus, ainda é muito forte e importante para a GM. Lá na China ainda existem diversos sedãs, incluindo o Malibu, o que mostra como cada país se comporta de maneiras diferentes.

>>Janeiro: Chevrolet S10 vende menos que Renault Oroch e Nissan Frontier

>>Fiat Strada e Hyundai HB20 começam 2022 como os carros mais vendidos

>>Os 10 carros automáticos mais baratos do Brasil

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar