Destaque Novidades

Chevrolet dobrará produção de Onix, Onix Plus e Tracker no Brasil

Demanda represada pelo trio de compactos Chevrolet Onix, Onix Plus e Tracker faz a General Motors retomar segundo turno em duas fábricas
Chevrolet Tracker [divulgação]
Chevrolet Tracker [divulgação]

Depois de meses com fábricas paradas no Brasil, o que resultaram na queda do Chevrolet Onix como líder de mercado, a GM vai pisar no acelerador. O novo presidente da marca da gravata dourada, Santiago Chamorro, anunciou que as plantas de São Caetano do Sul (SP) e Gravataí (RS) voltarão a funcionar em dois turnos.

Segundo comunicado oficial da marca, a retomada das atividades em dois turnos será iniciada em 27 de setembro na linha do Tracker e em 4 de outubro na do Onix e Onix Plus. Com isso, todas as fábricas da General Motors do Brasil voltam a operar com capacidade produtiva ampliada.

Vale ressaltar que São José dos Campos, onde são feitos a picape média S10 e o SUV grande Trailblazer, a General Motors já trabalha em dois turnos há um certo tempo. “Nos preparamos para este momento e faremos de tudo o que está ao nosso alcance para atender à demanda dos clientes Chevrolet ao mesmo tempo em que mantemos nosso foco na sustentabilidade do negócio na região”, afirma Santiago Chamorro, presidente da GM América do Sul.

Chevrolet Onix [divulgação]
Apesar da queda forte nas vendas e dos meses com fábricas paralisadas, a Chevrolet garante que o próximo ciclo de investimentos no Brasil está mais do que garantido. “Esses investimentos vão alavancar a nossa estratégia de crescimento para os próximos anos no Brasil e na América do Sul, com novas tecnologias e produtos que vão contribuir para melhorar a rentabilidade e garantir um futuro sustentável para o negócio”, declarou Chamorro.

A marca tem destinados R$ 10 bilhões para o Brasil, sendo destinados à criação de novos carros e também modernização das fábricas no estado de São Paulo. Uma das grandes estrelas desse novo investimento será a nova geração da Montana, que se tornará uma rival da Fiat Toro e da futura picape da CAOA Chery.

>>Citroën C3 2022 quer incomodar desde Chevrolet Onix até Fiat Pulse

>>Chevrolet Onix: líder a coadjuvante em 6 meses. De quem é a culpa?

>>Chevrolet promove novo aumento ao Tracker, que passa dos R$ 135 mil

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar