Curiosidades Destaque

Cinco bons carros que o brasileiro esquece que existem no mercado

Alternativas não tradicionais a modelos bons de loja, esses cinco carros são pouco lembrados pelos brasileiros
Peugeot 3008 Griffe Pack (divulgação)

Chegamos à segunda parte da lista que revelou cinco carros verdadeiramente bons, mas que o brasileiro esquece que existem. Enquanto a primeira já sofreu uma baixa com a retirada do Nissan Sentra do mercado, a nova lista tem apenas um modelo que está ameaçado de não continuar no Brasil.

Vale ressaltar que a lista reúne cinco carros que são bons, mas que, na hora das vendas, não honram suas boas características. Aqui são reunidos carros que mereciam vender mais do que de fato conseguem.

Citroën C4 Cactus

Último Citroën à venda no Brasil, enquanto o sucessor do C3 não chega, o C4 Cactus estreou forte no mercado. Logo que foi lançado, entrou para os 10 SUVs mais vendidos do Brasil, mas depois perdeu força.

Citroën C4 Cactus [divulgação
Citroën C4 Cactus [divulgação
O que é uma pena, porque ele é um SUV muito divertido de dirigir, tem lista de equipamentos generosa e um visual bastante interessante. É esquisito como todo Citroën tem que ser, o que causa reações opostas, mas a maioria do público gosta.

Enquanto o Renegade não ganhar motor turbo flex, o Cactus fica com o título de SUV compacto flex mais potente do Brasil. São 173 cv e 24,5 kgfm de torque providos por um motor 1.6 THP quatro cilindros turbo. A única opção de transmissão é automática de seis marchas.

Fiat Cronos

Apesar de ser um grande sucesso de vendas lá na Argentina, onde ele é fabricado, o Fiat Cronos não repete o feito aqui Brasil. Ele vende menos que até que o Grand Siena, que é o último membro da família original Palio que sobrou aqui no país.

Fiat Cronos [divulgação]
Fiat Cronos [divulgação]
É inegável que ele tem qualidades para poder vender bem mais do que consegue: o acabamento é melhor do que do Virtus e do Onix Plus, que dominam essa categoria. Além disso, ele é espaçoso e tem um desenho moderno e elegante.

O problema do Cronos está no topo da gama equipada com o jurássico motor 1.8 E.torq. Sem um turbo e com a idade que tem, o consumo é alto e o desempenho apenas adequado. Com isso, fica difícil concorrer com os rivais que usam modernos 1.0 turbo verdadeiramente econômicos. Mas a Fiat já prepara a solução desse problema.

Peugeot 3008

É praticamente impossível encontrar algum SUV médio generalista à venda no Brasil mais bonito que o Peugeot 3008. Até hoje, o francês é de virar pescoços nas ruas, mesmo tendo sido lançado há uns bons anos.

Peugeot 3008 (divulgação)

E não é só por fora que ele é bonito. O 3008 tem interior com acabamento excelente que quase encosta no segmento premium. O destaque vai para a combinação entre painel digital, volante pequeno e as luzes envoltas ao enorme teto panorâmico.

O motor é o 1.6 THP, mas sem ser flex. Ele entrega 165 cv e 24,5 kgfm de torque e é gerenciado por um câmbio automático de seis marchas. Para a média da categoria, anda muito bem e é econômico. Mas o público desse segmento só quer saber do Jeep Compass. A esperança é que a reestilização dê um ânimo no 3008 aqui no Brasil.

Nissan Frontier

Se no passado o inesquecível comercial dos Pôneis Malditos, deu uma levantada nas vendas da Nissan Frontier, hoje ela derrapa nas vendas. Ela é a picape média menos vendida do Brasil, título nada justo, sinceramente.

Nissan Frontier LE 2020 (divulgação)

Os pontos positivos são bem óbvios: robustez inegável e motor econômico e durável. Contudo, o visual já parece cansado e o interior é aquém das rivais em questão de qualidade de montagem. A vantagem está no preço inferior, no entanto.

Contudo, a Nissan já tem pronto um tapa no visual para a Frontier. Era programada sua estreia para este ano, mas ficou para 2022. Será que isso vai dar uma levantada no astral da picape nipônica?

Volkswagen Fox

Para quem um dia provocou uma disputa entre a Volkswagen do Brasil e da Alemanha para existir, e depois foi exportado para Europa, os dias atuais do Fox não são tão animadores. O modelo ficou espremido entre Gol, que vende bem para frotistas, e o Polo, que o público geral compra mais.

Volkswagen Fox
Volkswagen Fox [divulgação]
O Fox foi lançado aqui no Brasil em 2003 e reestilizado três vezes desde então. Já foi um carro mais completinho, teve versão perua, a SpaceFox e aventureiro CrossFox. Rumores apontam para uma substituição do Fox por um SUV subcompacto, que levará também o Gol à aposentadoria.

Enquanto isso não acontece, o Fox tem só duas versões no Brasil, a Xtreme e a Connect. Eles são os mais baratos do país com motor 1.6 e vem com boa lista de itens de série. Entre os destaques fica a central multimídia de série, item que muito concorrente pelo mesmo preço nem sonha em ter.

>>VW Fox ganha linha 2022 no Brasil, mas sobrevida ainda é dúvida

>>Nova geração do Astra usará motor 1.6 THP e base de Peugeot 308

>>Cinco carros esquecidos pelos brasileiros, mas que ainda são bons

Sobre o autor

João Brigato

26 Comentários

Clique aqui para comentar

  • esses carros são esquecidos pq brasileiro gosta de carroça de hb20 e onix q da tanto plobemas vejo muitos no reclame aqui isso mesmo alem de escolher carros bons como o cronos e frontier q são exelentes carros esta saindo de linha pq brasileiro gosta de bombas.

  • O Fox 1.6 bebe bastante. Não é brincadeira, bebe mesmo! Comprei zero e vendi o mais rápido que pude. E ainda avisei o comprador:

    _ Tem certeza? Ele consome feito opala 6cc desregulado…

    Afinal, quem avisa amigo é!

  • No caso do VW fox, faltou a Volkswagen a percepção de que seria melhor ter colocado um câmbio automático no fox ao invés de tentar vender gol com esse tipo de câmbio, o perfil dos clientes mostra que o fox seria uma alternativa mais atraente e equilibrada, mas infelizmente os engenheiros da fabricante alemã não estão tão atentos ao que o consumidor brasileiro quer.
    Basta dar uma olhada no avanço do uso de câmbios do tipo CVT, com a honda seguido de outras montadoras, isso vêm agrandando os consumidores que começam a perceber o quão confortável é um carro com estes dispositivos!

  • O brasileiro se diz apaixonado por carro, mas só fica nos carros clichês – Onix, Corolla, Compass, BMW 320 e o queridinho do momento Volvo XC40 e 60.
    Temos na família uma Cactus THP e digo que é fantástica, suave para rodar e um verdadeiro “foguetinho” na hora de acelerar. Esperamos agora pela chegada da nova 3008 híbrida.

  • Lista bem elaborada, ótima reportagem, mas estou com intenção de adquirir um C4 Cactus, e vocês comentam que é esquisito!
    Acho o automóvel da Citroën avançado em estética, muito bonito!

  • Não sei pq essa tara de carro tem que ser flex, meu carro é flex mas nunca usei álcool nele na vida, além de não valer a pena o valor do álcool, tem a questão de desgaste de peças.

  • Na hora de comprar carro brasileiro é muito modinha,compra o que o vizinho ou colega de trabalho tem. Por isso as montadoras adoram o Brasil,aqui o consumidor não é muito exigente.

  • Nissan e Citroen só é bom de comprar nos grandes centros, pois se falta peça ou da problema é uma luta pra conseguir. Peugeot tem a má impressão tbm.

  • Vai lá , compra e de se vira nas peças e na manutenção e depois na recompra , o brasileiro está ligado , Citroen, pejout, compra vc da reportagem ou então quem discordar. O brasileiro não esqueceu, as pessoas estão ligadas.

  • eu acho a frente desse 3008 melhor do que o 2021, comprei recentemente o griffe pack 20/20 e estou feliz, ainda estranho algumas características do carro e do motor THP que acho que é um problema oculto, mas é um excelente carro, lindo por dentro o duro é usar dtclean rsrs R$ 250 reais o tanque, mas estou fazendo 12,5 por um carro grande e de quem venho de um i30 1.8 kkk que fazia 6 sem o eco e entre 7 e 8 no eco rsrs ta quase um hibrido rsrs