Destaque Novidades

Citroën registra exótico SUV sedã no Brasil

Oferecido somente na China, Citroën C3L é um exótico SUV sedã derivado do SUV compacto C3-XR, que é a versão Citroën do primeiro Peugeot 2008
Citroën C3L [INPI]
Citroën C3L [INPI]

Depois de tirar o C4 Lounge de linha no Brasil, parece que a Citroën não quer ficar sem sedã no nosso país. Recente registro de patente feito no INPI revelou que a marca registrou o exótico SUV sedã Citroën C3L em nosso país.

Tecnicamente ele é um sedã compacto com roupagem aventureira. Tal qual o Renault Logan nas versões com câmbio automático. Ou como o Ford Ka Sedan Urban Warrior se apresentou no Salão do Automóvel de São Paulo.

A alcunha de SUV sedã vem do fato de ele ser a versão com porta-malas saliente do SUV compacto C3-XR oferecido pela Citroën somente na China. Esse modelo, por sua vez, é a versão Citroën do Peugeot 2008 de primeira geração.

Agora focada em modelos mais baratos e atuando abaixo da Peugeot, a Citroën tem em seus planos para o Brasil um hatch compacto, um sedã compacto e um novo SUV abaixo do Cactus. Eles serão fabricados na plataforma CMP, diferentemente do C3L.

Citroën C3L [divulgação]
Citroën C3L [divulgação]
O exótico sedã usa base PF1, que é a mesma dos atuais (e jurássicos) C3 e Aircross. Como a PSA renovará totalmente as suas bases no Brasil, as chances de que o C3L seja produzido ou vendido por aqui são praticamente nulas.

Seria interessante ver novamente um sedã com preço de compacto e porte de médio sacudindo o mercado brasileiro. Foi assim com a primeira geração do Renault Logan, que acabou por se tornar padrão para a categoria.

C3L [divulgação]
C3L [divulgação]
Comparando ao rei da categoria, o Chevrolet Onix Plus, o Citroën C4L é substancialmente maior. São 4,50 m de comprimento contra 4,16 m. Já o entre-eixos chega a 2,56 m, apenas 1 cm maior que o sedã da GM.

Visualmente ele traz a mesma dianteira do C3-XR reestilizado, com grade frontal se ligando aos faróis com elementos em X. A altura elevada em relação ao solo é provida pela suspensão alterada e pelas caixas de roda em preto. Assim, ele bate 1.51 m de altura – a mesma de um VW Nivus.

Lá na China ele é vendido com motor 1.2 PureTech três cilindros turbo de 116 cv e 19,4 kgfm de torque. Justamente o motor que era tão aguardado para o Peugeot 208 brasileiro e que acabou não vindo.

>>Comparativo: Peugeot 208 Griffe e Honda WR-V EXL valem R$ 95 mil?

>>Avaliação: novo 208 é a revolução que a Peugeot prometeu?

>>Citroën C4 Lounge morre no Brasil e hegemonia do Toyota Corolla cresce

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar