Destaque Especial Novidades

Conceito da picape Classe X é destaque da Mercedes em Buenos Aires

Versão de produção é esperada para 2018
Mercedes-Benz Classe X (Auto+)

A Mercedes-Benz levou a Classe X para ser destaque no Salão de Buenos Aires. Apesar de aparecer ainda em versão conceito, a exposição não é por acaso, já que a expectativa é que seja produzida em 2018 no complexo fabril da Renault, em Córdoba. Pode soar estranho, mas na verdade se trata de uma parceria entre Mercedes, Renault e Nissan para compartilhamento da linha de produção – ou seja, ela sairá da mesma “fôrma” da Nissan Frontier e da nova Alaskan, da fabricante francesa.

A nova Classe X vem carregada de um conceito inédito, de picapes médias de luxo. Assim como em Estocolmo (Suécia), onde foi apresentada mundialmente pela primeira vez em 2016, a picape alemã apareceu em Buenos Aires em duas versões: de carroceria branca, com proposta mais urbana, e um exemplar amarelo, com pegada mais off-road, adiantando exatamente os dois públicos que a fabricante deseja alcançar com o modelo.

Mercedes-Benz Classe X (divulgação)

Segundo dados da marca, a picape tem 1,90 m de altura, capacidade de levar até 1,1 tonelada na caçamba e força para rebocar até 3,5 toneladas. O desenho segue o estilo dos últimos lançamentos da fabricante alemã, com faróis de led espichados e grade dianteira com a estrela de três pontas em destaque (ainda maior na picape), para-choques com grandes tomadas de ar, para-lamas musculosos e rodas de liga leve de 22 polegadas (na versão urbana).

Na parte de trás os dois modelos se diferem. Enquanto a versão urbana traz tampa da caçamba contornada por uma barra luminosa horizontal em led, a configuração aventureira tem uma grade preta e lanternas verticais nas extremidades.

Por dentro, o painel com desenho horizontal traz saídas de ar com estilo semelhante ao de hélices de avião e central multimídia sobressalente — como em outros modelos Mercedes, além de unidade de comando central e touchpad multifuncional, que permite utilizar todas as funções de telemática com gestos ou pela introdução de letras e caracteres, como num smartphone.

Debaixo do capô, a Mercedes confirma um motor V6 de 258 cv e tração integral 4Matic para a versão topo de linha, com sistema de tração eletrônico, caixa de transferência com redução fora de estrada e dois bloqueios de diferencial. Vale lembrar que a Classe X terá versões também equipadas com motores Nissan, não estando descartado o mesmo 2.3 turbodiesel de 190 cv que equipa a Frontier.

Veja mais:

>> Nissan Frontier Attack é destaque na mostra argentina

>> Honda Civic Type R e NSX em Buenos Aires

>> Salão de Buenos Aires: Equinox chega ao Brasil esse ano

Sobre o autor

Avatar

Redação

3 Comentários

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Jocar