Curiosidades Destaque

Conhecendo o porta-malas do seu carro

Conheça como é calculado o volume do porta-malas
Porta-malas Volkswagen Virtus (divulgação)

Um dos itens mais observados na hora de se escolher um carro – seja ele novo ou seminovo – é o porta-malas. Um espaço que pode ser definitivo na hora da decisão da compra para uns e não muito relevante para outros. Geralmente o tamanho do porta-malas é primordial para famílias, ou para quem busca um carro que precise de espaço extra para levar mais bagagem, como por exemplos motoristas de aplicativos. Mas você sabe como as montadoras fazem para calcular o espaço interno do porta-malas?

Renault Captur (divulgação)

Como é calculado o volume do porta-malas?

O volume do porta-malas é regulamentado segundo a norma ISO 3832, que determina a capacidade exata que as montadoras têm que informar aos seus consumidores. Segundo a regra, para saber o volume de um porta-malas, são colocados cubos de madeira ou isopor que medem 20 x 10 x 5 cm, até preencher todo o espaço interno do porta-malas com a tampa fechada.

Porta-malas Honda WR-V (divulgação)

Cada cubo equivale a 1 dm³, ou 1 litro, e sua utilização visa eliminar espaços não aproveitáveis dentro do porta-malas, como as áreas próximas às dobradiças. Após isso, os cubos são retirados e contados, e dependendo da quantidade, temos o volume exato do porta-malas.

Como o processo é feito em SUVs e picapes?

No caso dos SUVs, os queridinhos do momento, a medição segue a mesma ideia, porém eles vão até a área dos vidros, uma vez que não é permitido trafegar com carga acima do limite e bloquear a visibilidade do vidro traseiro.

Toyota Hilux (divulgação)

No caso de volumes mostrados com o rebatimento dos bancos – muito comum em SUVs e hatches – a regra é encaixar os cubos até o teto, mas sempre respeitando o limite de visibilidade, no caso da vida real, não do teste feito. Já no caso das picapes, o método é um pouco mais fácil. Os técnicos colocam uma lona na caçamba e enchem de água. A partir daí, as montadoras têm o valor exato do volume da caçamba das picapes.

Existem outros métodos de medição?

Sim, além do método apresentado acima, que também pode ser chamado de VDA, existe outro método. O de sacos de água. Cada saco tem 1 litro de água, e assim como os cubos, eles são inseridos dentro do porta-malas.

Porta-malas Honda Fit (divulgação)

Após chegar até o nível dos vidros, teremos o volume que o porta-malas comporta. Esses métodos podem parecer muito semelhantes, mas eles possuem diferenças. Ao usar um líquido o espaço disponível é maior, mas isso não significa que você consiga utilizá-lo por inteiro por conta da “cubagem”, ou seja, a possibilidade de encaixar os volumes da melhor maneira possível. Por essa razão, o método VDA é mais realista e pode ser cerca de 20% menor do que com o uso de sacos de água.

Quais são os carros nacionais com maior porta-malas?

Vamos separar em 3 categorias: Sedãs, hatches compactos e SUVs – que são as categorias mais compradas atualmente:

SUVs:

Peugeot 3008 – 780 litros

Mitsubishi Outlander – 715 litros

Volkswagen Tiguan AllSpace – 5 lugares – 710 litros

Mitsubishi Pajero Full e Subaru Outback – 690 litros

Sedãs:

Chevrolet Cobalt – 563 litros

Toyota Etios Sedã – 562 litros

Honda City – 536 litros

Fiat Cronos – 525 litros

Volkswagen Virtus – 521 litros

Fiat Grand Siena – 520 litros

Renault Logan – 510 litros

Chevrolet Prisma – 500 litros

Volkswagen Voyage – 480 litros

Nissan Versa – 460 litros

Hyundai HB20S – 450 litros

 

Hatches Compactos:

Renault Sandero – 320 litros

Hyundai HB20 – 300 litros

Fiat Argo – 300 litros

Volkswagen Polo – 300 litros

Fiat Uno – 290 litros

Renault Kwid – 290 litros

Chevrolet Onix – 289 litros

Volkswagen Gol – 285 litros

Volkswagen Up! – 285 litros

Fiat Palio – 280 litros

Quais são os carros nacionais com menor porta-malas?

Vamos separar em 2 categorias: hatches e SUVs – que são as categorias mais compradas atualmente:

SUVs:

Ford EcoSport – 362 litros

Peugeot 2008 – 355 litros

Chevrolet Tracker – 306 litros

Jeep Renegade – 273 litros

Troller T4 – 134 litros

Suzuki Jimny – 113 litros

 

Hatches:

Nissan March – 265 litros

BMW i3 – 260 litros

Ford Ka – 257 litros

Fiat Mobi – 215 litros

Mini Cooper S – 211 litros

Fiat 500 – 185 litros

Mini Cooper S Cabrio – 160 litros

Chery New QQ – 160 litros

JAC J2 – 121 litros

Veja mais:

>> Volkswagen lança Jetta GLI, o GTI com porta-malas

>> Férias: saiba como transportar sua bicicleta no carro

>> Volvo XC40 terá cabine repleta de porta-objetos

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva