Destaque Novidades

Cullinan: o primeiro SUV da Rolls-Royce

Utilitário de 2,7 toneladas traz motor V12 6.7 de 563 cv
Rolls-Royce Cullinan (divulgação)

A Rolls-Royce revelou nesta semana o primeiro SUV de sua história: o Cullinan! O inédito modelo traz o mesmo estilo “quadradão” dos sedãs da marca, mas em proporções bem maiores, tudo para disputar mercado no concorrido segmento dos utilitários esportivos. Os rivais? Bentley Bentayga e Land Rover Range Rover SVAutobiography.

Primeiramente, o Cullinan pesa nada menos do que 2.660 kg, sendo montado sobre a mesma plataforma de alumínio do sedã Phantom. Para se ter ideia de seu tamanho, ele mede 5,34 metros de comprimento, 2,16 m de largura e 1,83 m de altura, com o porta-malas (de abertura dupla elétrica) podendo carregar 600 litros.

Rolls-Royce Cullinan (divulgação)

Visualmente, além da famosa grade dianteira vertical e faróis espichados, ele conta com a clássica estatueta Spirit of Ecstasy no capô (que pode ser recolhida ao toque de um botão na cabine) e as tradicionais portas traseiras com abertura “suicidas”, que abrem para trás. Para completar o visual, o SUV usa rodas de 22 polegadas.

Rolls-Royce Cullinan (divulgação)

Mas é por dentro que ele impressiona, trazendo acabamento ultraluxuoso composto por materiais nobres, revestimento abundante de couro e trazendo até madeira no painel, mesclando muito bem seu estilo clássico e moderno. Traz também painel de instrumentos digital e sistema head-up display para projeção de informações no para-brisa. Novidade é a tela da central multimídia, agora sensível ao toque pela primeira vez em um modelo da marca inglesa.

Com espaço para cinco ocupantes, o utilitário pode ter apenas dois bancos individuais traseiros para maior conforto, contando ainda com um console central que ostenta uma geladeira e porta-champanhe. Há ainda teto solar panorâmico, roteador de wifi, iluminação ambiente, carregador de celular sem fio e regulagem elétrica para os bancos traseiros. Por fim, há uma espécie de cobertura de vidro para isolar os passageiros caso o porta-malas seja aberto.

Rolls-Royce Cullinan (divulgação)

Entre as tecnologias embarcadas, o Cullinan dispõe de sistema de visão noturna, quatro câmeras espalhadas pela carroceria com visão 360º, frenagem autônoma de emergência, alerta de tráfego cruzado, controle de cruzeiro adaptativo e sistema de seleção de condução de acordo com o terreno. O sistema de suspensão a ar com efeito “tapete mágico” foi aperfeiçoado para trazer a mesma sensação no off-road.

Rolls-Royce Cullinan (divulgação)

Debaixo do enorme capô, é usado o famigerado motor V12 de 6,75 litros para despejar nas quatro rodas 563 cv 86,5 kgfm de torque, que faz o “grandalhão” atingir a máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente). A aceleração de 0-100 km/h não foi revelada pela fabricante.

O preço? Nada menos do que US$ 325 mil, o que numa conversão direta dá R$ 1.170.260. Detalhe que a Rolls-Royce já confirmou o Cullinan para o Brasil, que certamente deverá chegar por aqui bem mais caro…

Veja mais:

>> Lamborghini Urus: um SUV para voar baixo

>> Porsche Cayenne: 3ª geração está mais leve e potente

>> Phantom, o “carro mais luxuoso do mundo”

Sobre o autor

Avatar

Redação

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva