Destaque Novidades

Depois de Ka e EcoSport, Ford anuncia morte do Focus

Enquanto os compactos brasileiros Ka e EcoSport já morreram, o Ford Focus entrará para a fila do INSS no final de 2024
Ford Focus [divulgação]
Ford Focus [divulgação]

Nascido em 1998 para substituir o Escort, o Ford Focus é o maior concorrente que o Volkswagen Golf já teve de enfrentar em sua vida. Referência entre os hatches médios, ele encerrará sua trajetória de sucesso após quatro gerações, sendo três delas vendidas no Brasil. Com isso, o Ford Focus vai para o mesmo cemitério onde já descansam Ka e EcoSport.

Em um anúncio oficial, a Ford declarou que encerrará as atividades da fábrica instalada em Saarlouis, Alemanha. A planta é responsável pela produção do Focus para toda a Europa e será fechada para focar em modelos elétricos. Um substituto elétrico para o Focus pode surgir, mas o nome não será usado, garante a marca.

Existe, inclusive, a grande chance de que esse hatch médio elétrico ou SUV que venha a substituir o Focus, compartilhe a plataforma MEB da Volkswagen que hoje é usada pelo ID.3 – o equivalente elétrico do Golf. Com isso, uma das maiores brigas da indústria automotiva se transformaria em dois modelos irmãos.

Ford Focus [divulgação]
Ford Focus [divulgação]
Para a Europa, a Ford se concentrará em produzir carros em Valencia, na Espanha. Por lá hoje 6 mil trabalhadores fabricam Kuga, S-Max, Galaxy e Transit Connect. Até pouco tempo atrás, a planta também era responsável pela produção do Mondeo (Fusion). Fora a Transit Connect que recentemente ganhou uma nova geração, os outros três modelos também estão ameaçados.

As minivans S-Max e Galaxy dificilmente ganharão uma nova geração. Já o Kuga, que é vendido como Escape nos EUA, está vendendo cada vez menos por causa do Bronco Sport. Nos EUA uma nova geração já é praticamente descartada. Contudo, a Europa tem outra pegada com SUVs e não tem o Bronco Sport por enquanto ameaçando a vida do Kuga.

Ford Focus Active Wagon [divulgação]
Ford Focus Active Wagon [divulgação]
Como serão permitidos somente carros 100% elétricos na Europa a partir de 2030, a Ford não vai investir mais em modelos a combustão por lá e por isso decidiu que era a hora de tirar o Focus de linha. Ele sobrevive até o final de 2024, não tendo modelo 2025. Assim, encerra o ciclo de vida da quarta geração (única não vendida no Brasil) e que foi lançada em 2018.

Ford Focus pode sobreviver?

A pontinha de esperança para o Ford Focus está na China. Por lá ele é vendido na versão sedã  (inexistente na Europa) e hatch. A atual geração tem algumas características, como porta traseira longa e sem janela na coluna C, que foram adotadas por causa da China. Além disso, por lá, ele tem visual levemente distinto do modelo europeu.

Ford Focus chinês [divulgação]
Ford Focus chinês [divulgação]
Como o Mondeo se manteve em linha na Europa, enquanto ele morreu no resto do mundo (incluindo em marcados onde ele se chamava Fusion), isso pode acontecer também com o Focus. Ou seja, corre-se o risco da quinta geração do Focus se tornar um produto exclusivo da China assim como acontece com a terceira geração do Fusion.

>>Dona da Volvo cria nova marca de caminhonetes para brigar com a Ford

>>Ford anuncia recall de 3 milhões de carros por causa do câmbio

>>Ford Fusion 2023 tem preços revelados e é mais barato que um Corolla

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Do jeito que as coisas estão indo, acho mesmo que quem vai pro cemitério é a Ford mesmo, nenhum respeito por seu clientes de décadas aqui no Brasil!!!

  • A Ford é que deveria acabar de vez! O Focus é o tipo de carro que deveria existir ad eternum! Não se pode acabar com um carro como o Focus!