Destaque Novidades

Elétrica Ford F-150 Lightning tem maior porta-malas dianteiro do mundo

Nunca antes na história automotiva, um carro teve um porta-malas dianteiro tão grande quanto da picape elétrica F-150 Lightning da Ford
Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]

Novamente a Ford trouxe de volta um nome icônico entre os esportivos para ser usado por um carro elétrico. A nova F-150 Lightning não é mais uma picape de tração traseira com motor V8 sobrealimentado. O nome agora é da primeira caminhonete elétrica da marca do oval azul que já chega com recorde: ela tem o maior porta-malas dianteiro do mundo.

Chamado de Mega-Power Frunk, o porta-malas dianteiro da F-150 Lightning carrega até 400 litros de bagagem. É mais que o porta-malas tradicional do SUV médio Territory. De brinde, ainda há uma tomada de 220V, quatro de 110V e duas entradas USB lá dentro para serem usadas para plugar equipamentos ou carregar baterias de eletrônicos.

A Ford F-150 Lightning ainda é capaz de alimentar uma casa por três dias seguidos somente com o uso de suas baterias. Caso a picape esteja carregando na tomada e a energia se esgote, ela inverte o fluxo de energia e envia força para a casa. Para isso é preciso de um inversor AC-DC e o opcional Charge Station Pro.

Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]

Picape mais rápida

A justificativa para o uso do nome Lightning pela Ford vai além de combinar com energia. A F-150 elétrica é a mais rápida da história da marca, deixando a Raptor comendo poeira. Ela atinge os 100 km/h em cerca de 4 segundos.

A Ford especificou os números de potência e torque: a Lightning entrega 563 cv nas versões com dois motores elétricos. Já nas variantes mais baratas com apenas um motor elétrico, a potência fica nos 426 cv. Em ambos os casos, o torque é acima de 100 kgfm.

Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]
Já no caso da autonomia, dependerá da versão escolhida. As F-150 Lightning SR (Standard Range) rodam até 370 km. Já as variantes ER (Extended Range) conseguem chegar a 482 km com carga completa. Por conta das baterias extras, a Lightning ER carrega 839 kg na caçamba, enquanto as versões SR levam até 907 kg lá atrás.

Interligação

Visualmente a Lightning se diferencia das demais F-150 por conta, especialmente, do conjunto óptico. Os faróis full-LED se conectam por uma barra luminosa na parte superior. O elemento é replicado nas lanternas traseiras, que tem formato totalmente diferente das demais versões da picape.

Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]
A grade frontal fechada tem desenho diferente para cada uma das quatro versões: sem nome, XLT, Lariat e Platinum. Ela ainda traz capô com desenho modificado e para-lamas com desenho novo, com direito a bocal de carregamento na dianteira.

Por dentro, a picape herdou do Mustang Mach E a central multimídia SYNC 4A. Ela tem tela vertical com botão para volume na parte inferior. Há acesso para aplicativos recentes, comandos do ar-condicionado, além de Android Auto e Apple CarPlay.

Ford F-150 Lightning [divulgação]
Ford F-150 Lightning [divulgação]
A F-150 Lightning será vendida somnete nos EUA e Canadá por enquanto. Os preços começam em 39.970 (R$ 211.397) e vão para além de US$ 100.000 (R$ 528.890).

>>Ford Bronco Sport explora bem os lados Bronco e Sport | Impressões

>>Ranger 2023 terá versão V6 com 405 cv

>>Ford por R$ 179.900: Territory SEL ou Ranger Black? | Comparativo

Sobre o autor

João Brigato

6 Comentários

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva