Destaque Novidades

Elétrico mais barato do Brasil, Renault Kwid E-Tech, fica mais caro

Primeiro lote com 750 unidades já está todo vendido, por isso a Renault já subiu o preço do Kwid E-Tech no Brasil
Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]
Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]

Apesar de manter o título de carro elétrico mais barato do Brasil, o Renault Kwid E-Tech ficou mais caro. A marca francesa subiu o preço do pequeno hatch eletrificado em R$ 4 mil por conta do fim do primeiro lote de 750 unidades. Apesar do aumento de valores, ele segue como o carro elétrico mais barato do Brasil.

Antes vendido por R$ 142.990, o Renault Kwid E-Tech passou a R$ 146.990. Uma vantagem de R$ 17.910 frente ao segundo modelo elétrico mais barato do país: o JAC E-JS1. O segundo lote já está a encomendado na China e tem previsão de chegada no último trimestre de 2022, por isso todos que comprarem o Kwid elétrico agora só recebem no final do ano.

A Renault segue pedindo sinal de R$ 999 para reservar o Kwid E-Tech e garantir uma das unidades do próximo lote que não teve a quantidade especificada. A marca francesa ainda destaca que o pequenino tem custo por quilômetro rodado de R$ 0,06 – uma vantagem frente aos R$ 0,48 de um hatch compacto 1.0 abastecido com gasolina.

Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]
Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]
Vale lembrar que, diferentemente das demais versões do Kwid, o E-Tech não é produzido no Brasil. Ele vem da China e por isso traz algumas diferenças internas e externas, tendo como destaque as rodas com quatro furos, volante diferente, vidro elétrico traseiro, para-choques modificados e diferentes cores de carroceria.

O Kwid E-Tech traz motor elétrico de 65 cv (20 cv a mais que o Dacia Spring europeu) e 11,5 kgfm e torque. São 265 km de autonomia garantidos por uma bateria de 27 kWh. A Renault pede apenas 40 minutos para carregar de 0 a 190 km de autonomia em um carregado rápido ou 9 horas em uma tomada 220V residencial.

Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]
Renault Kwid E-Tech [Auto+ / João Brigato]

>>Renault Kwid Intense é o carro do mão-de-vaca consciente  | Avaliação

>>Kwid E-Tech: como anda o elétrico mais barato do Brasil? | Impressões

>>Nova geração do Mitsubishi ASX terá motor de Renault Duster

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar