Destaque Novidades

Em 2035, todos os GM serão elétricos. Até o Chevrolet Onix?

Plano da GM é ter mais carros elétricos, o que pode levar até a modelos como o Chevrolet Onix a adotar baterias
Chevrolet Onix Plus Midnight [Auto+ / João Brigato]
Chevrolet Onix Plus Midnight [Auto+ / João Brigato]

Cada vez mais fica claro que o futuro dos automóveis será elétrico. Enquanto em países desenvolvidos isso já é realidade, no Brasil a tecnologia caminha a passos lentos. Mas a General Motors quer mudar essa realidade globalmente até 2035. Será então que teremos um Chevrolet Onix elétrico?

Em comunicado oficial emitido nos Estados Unidos, o grupo que contra Chevrolet, Cadillac, Buick, GMC, Wuling e Baojun quer se tornar uma empresa carbono neutro em 2040. Para isso, venderá apenas carros elétricos a partir de 2035.

Chevrolet Onix RS [Auto+ / João Brigato]
Chevrolet Onix RS [Auto+ / João Brigato]
“Além das metas de carbono neutro, a GM desenvolve uma visão de um futuro totalmente elétrico e a intenção de eliminar emissão de poluentes por escapamentos em todos os carros de passeio em 2035, A GM vai focar em oferecer carros zero emissões em todas as faixas de preço”, diz a marca em seu comunicado.

Isso afeta diretamente toda a linha de modelos das seis marcas do grupo. Hoje a linha elétrica é restrita a Chevrolet Bolt, Buick Velite 6 e Velite 7, e mini carros elétricos da Wuling e da Baojun, além dos futuros GMC Hummer EV e Cadillac Liryq. A expansão de elétricos ainda terá alguns SUVs da GM, Cadillac e Buick, além de picapes elétricas.

Picape elétrica GMC Hummer EV [divulgação]
Picape elétrica GMC Hummer EV [divulgação]
O que fica em dúvida é em relação a países emergentes que ainda não adotaram a tecnologia de eletrificação com afinco. O Brasil, por exemplo, tem somente o Bolt dentro do portfólio da GM. Ele é um dos carros menos vendidos da marca no país e ainda esbarra na questão do preço.

Imaginar um carro de altíssimo volume, como é o caso do Chevrolet Onix, sendo convertido a um modelo movido a energia elétrica parece, hoje, um sonho distante. Há de se considerar que ainda faltam 14 anos para que os planos da GM se concretizem. Período de tempo suficiente para que o Onix tenha mais duas gerações diferentes.

Chevrolet Bolt EV (divulgação)

É possível que vejamos por aqui a adoção de sistemas híbridos completos ou micro-híbridos nos carros mais populares antes de haver, de fato, um elétrico barato. Ou um carro movido a baterias que substitua um modelo a combustão com volume de vendas alto.

>>Onix Plus Midnight: sem erro como uma camiseta preta – Avaliação

>>Chevrolet Onix RS manual estreia por R$ 122 mil na Argentina

>>Chevrolet Onix RS mira esportividade, acerta no conforto – Avaliação

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar