Destaque Novidades

Exclusivo: Toyota Yaris não terá reestilização no Brasil e vai sair de linha

Atual geração do Toyota Yaris nasceu e morrerá no Brasil da mesma maneira, já que nem uma nova encarnação está nos planos da marca
Toyota Yaris
Toyota Yaris [divulgação]

Desde que o Toyota Yaris reestilizado apareceu reestilizado em alguns mercados, a contagem regressiva para sua chegada ao Brasil havia sido disparada. Mas o balde de água fria foi jogado pela marca japonesa e a culpa é do Corolla Cross: o Toyota Yaris não passará por mudanças visuais no Brasil. E o mais alarmante: essa será a primeira e última geração dele aqui.

Fontes ligadas a marca garantem que o Yaris não passa dessa geração. O modelo é pouco lucrativo para a marca, que percebeu que não precisava descer abaixo do degrau do Corolla para ter boas vendas e, mais importante, ganhar dinheiro. Prova disso é que Corolla, Corolla Cross e Hilux, vendem bem mais que o Yaris e todos eles custam acima de R$ 100 mil.

A Toyota chegou à conclusão disso com o Corolla Cross, que tem obtido média superior a 3 mil unidades ao mês – volume raramente conseguido pelo Yaris ou até pelo Etios. Por isso o projeto da reestilização foi abortado para o nosso país. Afinal, não vale à pena investir dinheiro em um carro que não dá tanto lucro assim.

Toyota Yaris Sedã
Toyota Yaris Sedã [divulgação]
Entretanto, o Toyota Yaris passará por mudanças mecânicas para adequar seu motor 1.5 quatro cilindros aspirado à legislação do Proconve 7 que entra em vigor em 2022. “É o último investimento nesse carro”, crava a fonte. Entretanto, não será agora que ele vai sair de linha.

O Toyota Yaris será mantido em produção sem alterações até o momento em que ele der mais prejuízo que lucro. Hoje as contas se pagam e ele rende alguns bens à marca. Quando a balança virar, ele vai para a aposentadoria.

Toyota Yaris 2021 [divulgação]
Toyota Yaris reestilizado que não teremos no Brasil [divulgação]

Degrau abaixo do mundo Corolla

Mas a Toyota vai ficar então sem modelos abaixo dos irmãos Corolla e Corolla Cross? Não. A marca já prepara um novo SUV compacto de entrada para países emergentes. O modelo será construído na plataforma TNGA-B, que dá vida ao Yaris europeu / japonês e também ao Yaris Cross, que servirá de inspiração para o novo SUV nacional.

Ele terá cerca de 4,20 m de comprimento, motorização híbrida 1.8 do Corolla e do Corolla Cross. Mas poderá também aproveitar o motor 1.5 aspirado do Yaris, que ficará sem uso quando o hatch e o sedã saírem de linha. O lançamento desse novo SUV, assim como a aposentadoria do Toyota Yaris, ainda não tem data confirmada para acontecer.

>>Corolla Cross ganha versão esportiva assinada pela Modellista

>>Hilux GR Sport ganha bizarra versão rebaixada de fábrica

>>Toyota tira de linha Camry e Prius no Brasil, mas temporariamente

Sobre o autor

João Brigato

22 Comentários

Clique aqui para comentar

    • É uma pena comprei o Etios agora sai de linha comprei o Yaris e agora vem essa informação estou ficando decepcionada Com a Toyota e insegura .Tenho dois carros que sairá de linha .Carro mais ou menos popular com preço mais acessível não vinga aqui ??

      • Era de se esperar tudo isso.
        Exatamente como aconteceu e está acontecendo, eu previ tudo conforme está sendo nossa realidade. Tive razões p/ não comprar o Ethios, embora na sua época estivesse com um Sedan concorrente da “Categoria” e depois continuei com meu Sedan, qdo. chegou o Yaris…. tudo que se vê hoje, eu imaginava acontecer. Saí de Sedan e mudei a Categoria prá SUV… motivo: Prá adquirir o Yaris, precisa-se que reduzam os preços em 10 a 16.000 mil. … Saiba no entanto: SÃO BONS CARROS.

  • Realmente,nos convenceu que o yaris seria uma compra exelente,meu yaris está com 9.000 km,ai vem o balde de agua fria,se for isso,adeus Toyotas,nunca mais!!!

  • Brasileiro tem que ser estudado mesmo… Carro com câmbio CVT,motor vvti marca que faz carros para não quebrar eles não querem. Eles querem Fiat e jeep(Fiat)4×2 e HB20 coreano. Bom cada povo tem o que merece. E quem não gostou QSF.
    Mais vendidos
    1º) Fiat Argo – 8.525.
    2º) Fiat Strada – 7.741.
    3º) Hyundai HB20 – 6.240.
    4º) Fiat Mobi – 6.222.
    5º) Fiat Toro – 5.525.
    6º) Jeep Renegade – 5.248.
    7º) Jeep Compass – 5.047.

  • O Yaris nunca vendeu bem por aqui, tal como o Etios, e o motivo é muito preço pra pouco carro, a mania de Honda e Toyota acharem que o consumidor vai pagar muito caro só pelo prestígio da marca…

    • A Toyota é a nova Fiat: só lança carro de geração única que não dá certo. Ow, vai atrás da VW que tem tecnologia mais moderna. Só lança um híbrido aqui e outro lá e fala que tá em dia. Híbrido a Ford também lançava desde 2012, cadê a Ford hoje? Lança carro mais moderno, fica com esses 4 cilindros ultrapassados aí, não tem turbo, não tem nada. É muito preço pra pouco carro mesmo, típico de Brasil, país que até hoje tenta dar certo e nunca dá.

  • Esse yaris brasileiro é bem diferente do modelo japonês que é um subcompacto na grade do etios, seu design lembra mais o auris, hacthback medio da antiga linha corolla.

  • É só melhorar o design, muito prolixo e detalhes demais que não acrescenta nada em termos de beleza. Linhas mais enxutas, clean. É disso que precisa a Toyota, pois mecanica é outros quesitos tem de sobra. Muitas vezes um bom feijão com arroz agrada mais do que comida de chef.

  • Tenho um Yaris com menos de 5.000 Km. É o último Toyota que terei na vida, após ser proprietário de uma RV 4 importada, e os nacionais Corolla, Etios e agora o Yaris. Destes quatro, dois saíram de linha, o que me faz parecer um bobão pois deveria ter acordado antes. Ou serei eu o problema?
    Ocorre que a falta de profissionalismo e de criatividade dos dirigentes da Toyota, coloca em nosso mercado, carros caros e sem futuro. Claro que são bons carros como é de se esperar de qualquer marca, mas juro que não vou mais me sentir como um bobo. Dos três Toyotas nacionais que tive, dois já saíram de linha, que tal? TOYOTA NUNCA MAIS!

  • Putz que triste
    Comprei o meu no ano passado, tava na dúvida entre o Yaris e o Polo, mas acabei optando pelo yaris pelo acabamento, conforto e aquela promessa de carro que nunca da problema.
    Confesso que vi essa notícia agora e senti o banho de água fria também.