Destaque Mercado

Fabricação de carros do mundo inteiro pode parar até o fim de 2021

Crise dos semicondutores é apenas a ponta do iceberg que está se formando no mundo dos carros. que pode parar completamente até o fim do ano
Chevrolet Onix [divulgação]

No Brasil e no mundo, fabricar carros em 2021 se tornou complicado. A falta de semicondutores e chips tem colocado diversas marcas contra a parede, diminuindo ou parando completamente a produção ou ainda reduzindo a quantidade de itens de série. Mas a situação vai piorar ainda mais a um ponto catastrófico até o fim do ano.

Segundo o Financial Times, a indústria automotiva a nível global pode parar completamente até o final do ano. E dessa vez a culpa vai bem além dos semicondutores. A extração de magnésio está comprometida e a produção de ligas de alumínio, que usa esse elemento químico, pode parar completamente.

Essas ligas de alumínio hoje são usadas para fabricação de tanques de combustível, painéis de carroceria, componentes de suspensão, freios, blocos de motores, eixos, travessas, rodas de liga-leve e até estruturas do monobloco. Ou seja, uma enormidade de partes de um automóvel usa ligas de alumínio e, consequentemente, magnésio.

Toyota
Fábrica Toyota [divulgação]
Ou seja, não dá para fazer um carro sem alumínio ou magnésio. E a indústria desses metais está em crise. A China é hoje a maior produtora desses recursos, sendo responsável por 85% de toda liga de alumínio usada no mundo. Porém, o país está enfrentando uma crise energética. Por lá, as fábricas se viram obrigadas a fechar para conservar energia para as pessoas.

A cidade de Yulin, na China, pediu que 35 de suas 50 fábricas fechem temporariamente. As restantes trabalham em escalas com menos da metade da capacidade de produção. Na Europa, o magnésio deve acabar até novembro, o que afetará diretamente a produção dos carros.

Fábrica PSA Porto Real (RJ) (divulgação)

Resta saber como o Brasil vai lidar com a crise que está por vir. Atualmente algumas marcas tentam se recuperar da falta de semicondutores, enquanto outras fecharam fábricas temporariamente. Com a falta de ligas de alumínio, a situação tende a piorar e muito.

>>Crise dos semicondutores diminui ainda mais produção de carros da VW

>>Cinco carros do GTA 5 inspirados em modelos vendidos no Brasil

>>Cinco carros legais que a Renault nunca vendeu no Brasil

Sobre o autor

João Brigato

15 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Forçando um pouco a imaginação ,essa notícia sobre uma possível paralisação da produção mundial de veículos seria essa a segunda ameaça chinesa comentada no começo da pandemia ,não sei de onde partiu aquela notícia que a pandemia seria a primeira desestabilidade do mundo a segunda viria após ,poderia ser uma paralisação da rede mundial de computadores ou algo tão devastador quanto , ou seja a paralisação da indústria automobilistica bom chega senão o STF vai mandar me prender ,um simples idoso aposentado .A gente está careca de saber que mandam prender.

    • Se algum dia tivéssemos falado que viria uma Pandemia em 2020 e 2021 e que causaria todo este estrago, diríamos que estariam forçando tbm, estamos apenas no início de uma nova era, desemprego, catástrofes e aí vai, infelizmente não da mais para duvidar.

    • Trabalho em uma fábrica de carros no Japão e aqui já fiquei 2 semanas em casa por falta de peças, e o setor de computadores também está sofrendo com falta de semicondutores, placas de vídeo são uma delas.

  • Normal ! Com a população mundial aumentando um dia isso seria possível! Um dia o ser humano vai ver que dinheiro não se come, e vai começar a fazer por necessidade e não por luxo . Destroem florestas, rios e tudo mais pra conseguir minérios . um dia ele acaba e o planeta esquenta , inclusive esquenta a cabeça dessa gente gananciosa .