Novidades Serviço

Ferrari chama 2.150 modelos para recall nos EUA

O motivo do recall, é para troca do separador de vapor de combustível
Ferrari LaFerrari Aperta (divulgação)

Se você caro leitor, acha que só modelos como Ford Ka, Toyota Corolla e Fiat Argo é que são chamados para recall, sentimos em dizer, mas até superesportivos como a Ferrari 488 GTB passam por recall.

Nessa caso, o recall está sendo convocado pela NHTSA – agência federal norte-americana de segurança viária – 2.150 modelos da Ferrari para troca do separador de vapor de combustível.

Ferrari LaFerrari Aperta (divulgação)

Segundo a agência, o separador de vapor de combustível pode rachar, permitindo que tenha vazamento de fumaça e causar incêndios.

O mais curioso disso é a quantidade de modelos envolvidos, já que são apenas 2.150 veículos chamados. Isso parece um número até baixo, mas não para os padrões da Ferrari, que produziu 9.251 carros em 2018.

Ferrari 488 GTB (divulgação)

Os modelos envolvidos no recall, são: LaFerrari Aperta 2017, o 488 Pista 2019 e mais uma lista de modelos 2018-19: 488 GTB, 488 Spider, 812 Superfast, GTC4Lusso e GTC4Lusso T.

Ferrari 488 GTB (divulgação)

A empresa recebeu os primeiros relatos de vazamento em carros de clientes por meio de suas concessionárias. Sendo assim, os motoristas serão avisados pelos próprios modelos, quando uma luz acender no painel e uma mensagem informar que será necessário fazer a troca da peça.

Os agendamentos para as trocas das peças começam a partir do dia 14 de abril.

Veja mais:

>> Recall: BMW chama X1 por problema nas lanternas

>> Recall: Chevrolet chama Camaro por falha na direção

>> Recall: Volkswagen chama Tiguan Allspace por falha no chicote elétrico

Sobre o autor

Kleber Silva

Kleber Silva

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Instagram

Jocar