Destaque Novidades

Fiat Mobi 2022 fica mais econômico, mas perde potência e tanquinho

Perdas e ganhos no Fiat Mobi para 2022: mais economia de combustível, mas com sacrifício da potência e do torque
Fiat Mobi Trekking [Auto+ / João Brigato
Fiat Mobi Trekking [Auto+ / João Brigato]

Depois de muitos rumores, a Stellantis oficializou as mudanças mecânicas no Mobi para o ano de 2022. Por conta das regras do Proconve L7, o subcompacto precisou passar por mudanças no motor 1.0 Fire quatro cilindros aspirado para se adequar às novas leis. Mas isso gerou algumas perdas e alguns ganhos.

Agora, o Fiat Mobi tem 74 cv e 9,7 kgfm de torque com etanol, o que representa uma perda de 1 cv e 0,2 kgfm. Já com gasolina, são 71 cv e 9,3 kgfm, representando uma diminuição de 2 cv e 0,2 kgfm. Contudo, isso teve reflexo positivo no consumo de combustível.

O Mobi 2022 agora faz 13,5 km/l na cidade e 15 km/l na estrada com gasolina. Portanto, faz 0,5 km/l a mais na cidade e 1 km/l a mais na estrada do que antes. Já com etanol, o ganho foi de 0,7 km/l na cidade e 0,4 km/l na estrada, resultando em 9,6 km/l e 10,4 km/l respectivamente. Segundo a Fiat, o Mobi agora chega a 700 km com um tanque.

Fiat Mobi Like 2021 [divulgação]
Fiat Mobi Like [divulgação]
Outra novidade importante é que o Fiat Mobi 2022 agora não tem mais tanquinho de partida a frio. O sistema de pré-aquecimento do combustível removeu a antiquada peça. Agora o etanol é aquecido antecipadamente à sua queima no motor, permitindo que o subcompacto ligue sem dificuldade mesmo em temperaturas baixas.

Importante também para a economia de combustível, o hatch subcompacto ganhou monitoramento de pressão nos pneus. Ele emite um alerta no painel caso a pressão esteja baixa, mas a marca não especificou se há exibição de pressão individual para cada pneu no painel como acontece com a Fiat Toro, por exemplo.

[Auto+ / João Brigato]
Apesar das mudanças, o Fiat Mobi segue vendido somente nas versões Like de R$ 60.990 e Trekking de R$ 63.990.

>>Fiat Mobi Trekking merecia o que já foi dele | Avaliação

>>Mitsubishi antecipou casamento entre Peugeot e Fiat antes da Stellantis

>>Concessionária Fiat vende Uno Ciao por R$ 109.990

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar