Destaque Novidades

Volkswagen Taos Highline perde o pudor e circula sem camuflagem

Rival de Jeep Compass e Toyota Corolla Cross, o Volkswagen Taos já não faz a mínima questão de se esconder e foi flagrado sem camuflagem
Flagra Volkswagen Taos [Murilo Soares / Auto+]
Flagra Volkswagen Taos [Murilo Soares / Auto+]

Depois que a Volkswagen revelou o Taos na Argentina e seu visual final apareceu, o SUV perdeu a vergonha e passou a circular nas ruas sem camuflagem. Prova disso é o flagra feito por Murilo Soares ao Auto+ em São Bernardo do Campo (SP) onde o Volkswagen Taos Highline circulava sem disfarçar nada.

O modelo flagrado é da versão topo de linha Highline que conta com faróis full-LED com tecnologia IQ adaptativa. Essa variante traz um filete de LED conectando os faróis através da grade frontal e funciona também como iluminação diurna.

Flagra revela porte do SUV médio ao lado de um Ford EcoSport [Murilo Soares / Auto+]
Flagra revela porte do SUV médio ao lado de um Ford EcoSport [Murilo Soares / Auto+]
Desde a versão Comfortline, já revelada aqui no Auto+, o Volkswagen Taos terá para-choque com parte central em preto brilhante. Um artifício para dar um estilo mais robusto e aventureiro ao SUV médio.

Na traseira ele conta com saída dupla de escape falsa e lanternas de LED com elementos em Y como no Tiguan europeu recentemente reestilizado. As rodas de liga-leve são diamantadas, mas tem desenho diferente do modelo apresentado oficialmente pela Volkswagen. Além disso, não há teto com pintura contrastante.

É possível que esses dois itens apareçam como opcional na versão topo de linha do SUV médio. Esses detalhes e variantes deverão ser revelados em breve pela Volkswagen no lançamento do Taos.

[Murilo Soares / Auto+]
[Murilo Soares / Auto+]

Somente turbo

Debaixo do capô do Volkswagen Taos residirá apenas um motor. Trata-se do já conhecido 1.4 TSI quatro cilindros turbo de 150 cv e 25,5 kgfm de torque. Esse propulsor está em modelos como Polo GTS, Virtus GTS, T-Cross Highline, Tiguan e até alguns modelos da Audi.

Ele será atrelado unicamente à transmissão automática Tiptronic de seis marchas. Não haverá opção de Taos manual, como já não existe em seu segmento. Rumores apontam para uma futura versão R-Line ou GTS com motor mais potente, provavelmente o 2.0 TSI, mas nada oficial até o momento.

[Murilo Soares / Auto+]
[Murilo Soares / Auto+]

Segmento disputado

Com linha de SUVs em forte expansão, a Volkswagen colocará o Taos entre o T-Cross e o Tiguan. A ideia é brigar de frente com o Jeep Compass em suas versões de maior volume, visto que o SUV alemão terá um portfólio de variantes mais enxuta.

O Taos terá de preencher a lacuna entre os R$ 125.690 do T-Cross Highline e os R$ 146.880 do Tiguan Allspace 250 TSI. É possível que a versão de entrada do Taos custe algo próximo ou abaixo da topo de linha do T-Cross, tal qual deverá haver uma proximidade de valores entre o Tiguan de entrada e o Taos topo de linha.

>>Flagra: Volkswagen Taos Comfortline roda sem camuflagem

>>Volkswagen Taos e Jetta terão novo motor 1.5 TSI

>>Segredo: patente revela que Toyota Corolla Cross brasileiro será maior

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar