Destaque Novidades

Ford anuncia fim da produção da Troller e do T4 para setembro

Marca norte-americana decide matar a brasileira Troller, que vai manter o T4 em produção até o final de setembro em Horizonte, no Ceará
Troller

Depois de meses de espera sobre um destino para marca Troller, chegou o momento que ninguém queria que chegasse. A Ford confirmou que deve produzir o Troller T4 até o final de setembro deste ano. Já a produção de peças para o jipe cearense deve ser se manter até o final de novembro e depois disso o complexo industrial deve encerrar sua operação, tal qual a marca Troller.

Em comunicado que foi enviado ontem para os empregados, a Ford confirmou que deve vender o terreno e os ativos da fábrica. As negociações com os funcionários devem ocorrer posteriormente e com acordos que devem ser fechados. Segundo a Ford, todos os direitos dos trabalhadores devem ser respeitados antes de encerrar as atividades da marca no país.

O anúncio do fim da Troller é um segundo baque vindo da marca norte-americana, que decidiu encerrar suas operações em 11 de janeiro e fechou as fábricas de Camaçari (BA) e Taubaté (SP). Em janeiro, a Ford tinha confirmado que a Troller seguiria em produção com o T4 até 31 de dezembro de 2021 e não há informações sobre o motivo dessa antecipação do fim da fabricação.Troller

Desde janeiro deste ano, a Ford, juntamente com o Governo do Ceará, iniciou buscas para um novo proprietário para a Troller. Assim, a empresa poderia se manter viva. Liderado pelo Secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará, Maia Júnior, a intenção era achar um novo dono para a empresa, sendo o governo do estado um intermédio entre os interessados e os executivos da Ford.

As tratativas se prolongaram entre os sete meses de conversas e de acordo com o secretário, a Troller chegou a ter quatro interessados. Em reunião com o Governo do Ceará, a Ford confirmou que a Troller não faria parte da venda dos ativos. Ou seja, quem adquirir a unidade de Horizonte não poderá nem produzir o T4 e muito menos usar o nome Troller, o que dificulta a venda do complexo. Atualmente, a fábrica contava com 470 funcionários e produzia o T4 e a versão aventureira TX4, ambos com câmbio manual ou automático de 6 marchas.

Questionada sobre a compra da Troller, a Ford emitiu nota dizendo: “Todas as negociações com as partes interessadas são conduzidas sob acordos de confidencialidade e, portanto, não vamos fornecer detalhes adicionais sobre o assunto”.

Chevrolet Camaro é eleito o pior esportivo no quesito visibilidade

Peugeot 208 encarece e passa dos R$ 100 mil, mesmo depois de redução

Os cinco Toyota mais esquisitos já feitos pela marca japonesa

Sobre o autor

Redação

11 Comentários

Clique aqui para comentar