Destaque Mercado

Ford terá de devolver R$ 2,5 bilhões para fechar fábrica no Brasil

Ressarcimento da Ford aos cofres públicos tem relação direta com a fábrica de Camaçari, recentemente fechada
Ford EcoSport Storm [divulgação]
Ford EcoSport Storm [divulgação]

Um novo capítulo na história do fechamento das fábricas da Ford no Brasil está prestes a começar. Ainda que as atividades fabris já tenham sido encerradas e EcoSport e Ka aposentados no Brasil, a marca do oval azul agora está em uma negociação com o governo baiano de indenização.

Segundo informações da coluna Capital do jornal O Globo, a Ford terá de ressarcir o governo da Bahia em R$ 2,5 bilhões. O montante foi calculado como indenização aos benefícios fiscais concedidos nos últimos 20 anos pelo governo estadual e também para perdas futuras causadas pelo fechamento da fábrica.

Os cálculos feitos pelo governo de Rui Costa (PT) passam de R$ 4 bilhões, mas o acordo feito com a montadora norte-americana deverá ser menor. Esse acordo visa evitar problemas semelhantes ao ocorrido quando a fábrica do Rio Grande do Sul fechou em 1999 e a marca precisou pagar R$ 216 milhões aos cofres públicos.

Ford Ka [divulgação]
Ford Ka [divulgação]
Além do acordo com o governo da Bahia, a Ford terá de devolver o empréstimo de R$ 335 milhões feito com o BNDES. Há ainda compromissos fiscais com fornecedores, disputa com o governo de São Paulo por conta da fábrica de São Bernardo do Campo e também pagamentos de indenizações a ex-funcionários.

As estipuladas contas de R$ 4,5 bilhões da Ford para encerrar suas atividades no Brasil como fabricante e passar a atuar apenas como importara, segundo a coluna, foram subestimadas. É esperado que a marca tenha de desembolsar R$ 6 bilhões para continuar a atuar no mercado brasileiro, mas não mais como fabricante.

Ford Bronco Sport Wildtrack [Auto+ / João Brigato]
Ford Bronco Sport Wildtrack [Auto+ / João Brigato]
Em seu processo de renovação, a Ford garantiu a manutenção no mercado brasileiro, mas com carros mais caros e importados. A atual linha é iniciada pela Ranger, importada da Argentina. A Ford ainda tem os SUVs Territory, Bronco Sport e Edge ST, respectivamente trazidos da China, México e Canadá. Há ainda o esportivo Mustang e, futuramente, a van Transit.

>>Bronco Sport é o melhor Ford que você pode comprar hoje | Avaliação

>>Territory SEL: por que o SUV é reflexo do futuro da Ford? | Avaliação

>>Por R$ 179.900: Territory SEL ou Ranger Black? | Comparativo

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar