Destaque Novidades

Ford Mustang Mach 1 2022 estreia no Brasil por R$ 533.180

Com cinco novas cores e preço mais alto, Ford Mustang ganha linha 2022 no Brasil e segue vendido somente na versão Mach 1
Ford Mustang Mach 1 2022 [divulgação]
Ford Mustang Mach 1 2022 [divulgação]

Esportivo mais vendido do mundo nos últimos sete anos e um dos favoritos na categoria no Brasil, o Ford Mustang Mach 1 chega à linha 2022 por aqui. Enquanto a nova geração já vaza nas redes, o esportivo com motor V8 ganha cinco novas cores para o mercado brasileiro e nada além como novidade.

Vendido unicamente na versão Mach 1 de R$ 533.180, o Ford Mustang agora passa a contar com as cores Verde Fuji, Laranja Delhi, Cinza Catalunha, Azul Estoril e Roxo Zolder. Nas cores roxo, verde, laranja e azul as faixas são pretas com destaque em branco. Já no cinza, as faixas tem destaque em vermelho, mas seguem pretas.

De resto, nada diferente. O Mustang Mach 1 segue com seu poderoso V8 Coyote 5.0 aspirado com 483 cv e 56 kgfm de torque enviados diretamente para as rodas traseiras. A força é gerenciada por uma transmissão automática de dez marchas, a mesma usada pelo Chevrolet Camaro e por diversas picapes da Ford e da Chevrolet.

Vale lembrar que o Ford Mustang foi esportivo mais vendido do mundo, sendo os EUA com 76% das vendas globais. É o sétimo ano seguido que ele conquista esse título e o Brasil foi um dos mercados com maior crescimento. Segundo a Ford, já foram vendidos mais de 2.300 Mustang no Brasil desde seu lançamento oficial em 2018.

Como prova de seu sucesso, foram 486 unidades comercializadas em 2021, que deram a ele o título de segundo esportivo mais vendido do país. Ele perdeu somente para o Porsche 911, que teve 878 unidades emplacadas no ano passado, segundo dados fornecidos pela Fenabrave.

>>Próxima geração do Ford Mustang vaza na internet

>>Ford Maverick terá versão esportiva ST, mas nada de motor diesel

>>Ford Ranger 2023 terá 3 motores diesel: V6 é mais fraco que dá Amarok

Sobre o autor

João Brigato

2 Comentários

Clique aqui para comentar