Destaque Novidades

Ford diz que próxima Ranger será melhor que a Volkswagen Amarok

Desenvolvidas em conjunto, Volkswagen Amarok e Ford Ranger terão muitos elementos em comum
Ford Ranger 2021 [Wheels]
Ford Ranger 2021 [Wheels]

Não é mais segredo para ninguém que as próximas gerações de Volkswagen Amarok e Ford Ranger serão desenvolvidas em conjunto. Programadas para serem lançadas no próximo ano ou no máximo em 2022, Amarok e Ranger terão importantes diferenças para garantir a cada uma o seu lugar no mercado.

Em entrevista ao site CarSales, o novo presidente da divisão australiana da Ford, Adrew Birkic, disse que a nova Ranger será melhor que a Amarok. A Austrália é um dos principais berços de desenvolvimento de picapes, assim como a América Latina e a Tailândia. Por conta disso, são esses os países envolvidos na criação das novas caminhonetes.

Ao todo serão 180 países nas quais as novas Ranger e Amarok serão vendidas. Segundo Birkic, “nós temos no luxo uma vantagem, um lugar para partir para cima dela [Amarok]. Temos um forte histórico e uma atuação global com a Ranger. Estamos melhorando e subindo a barra do segmento, por isso vamos jogar diferente”.

Apesar de compartilharem plataformas e, potencialmente, conjuntos mecânicos, Ranger e Amarok terão acertos finos e visual completamente diferente. A relação entre elas não será tão íntima quanto a da Nissan Frontier com as derivadas Mercedes-Benz Classe X e Renault Alaskan, que mal disfarçam sua origem.

Volkswagen Amarok [koaeca.ru]
Volkswagen Amarok [koaeca.ru]
Ainda pouco se sabe sobre como será a abordagem da Volkswagen sobre a nova Amarok. Rumores apontam para a criação de uma versão verdadeiramente esportiva da picape. A tal Amarok R se aproveitaria da boa fama que a versão V6 tem obtido em uso urbano para explorar essa vertente. É possível que ela tenha 300 cv nessa configuração.

Já a Ford Ranger manterá seu apelo tecnológico e off-road. Sistemas de condução semiautônoma, já presentes na picape, serão melhorados. Além disso, a Ranger Raptor terá motor mais potente para honrar o legado deixado por sua irmã F-150 Raptor. É possível que, caso a capacidade de carga seja ampliada, ela seja vendida no Brasil na próxima geração.

A única questão que é levantada agora é sobre o local de produção delas. Rumores apontam para a transferência da Volkswagen Amarok da Argentina para a África do Sul, de onde ela seria exportada para todo o mundo. Já a Ford Ranger manteria sua atuação verdadeiramente global, substituindo o modelo atual nas linhas de produção respectivas quando a hora chegar. Isso incluiria a planta na Argentina, de onde ela é exportada para o Brasil.

>>VW Amarok segue Ford Ranger e tem produção dobrada na Argentina

>>Ford Ranger atinge 900 mil unidades produzidas na Argentina

>>Chevrolet e Geely (dona da Volvo) produzirão picapes juntas em breve

Sobre o autor

João Brigato

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar