Destaque Novidades

Próxima Ford Ranger pode ter motor V6 de 406 cv e versão híbrida

Ford promete que a nova geração da Ranger será a melhor de todos os tempos. Ela, inclusive, servirá de base para a próxima Volkswagen Amarok
Ford Ranger 2023 [divulgação]
Ford Ranger 2023 [divulgação]

A Ford não esconde que está trabalhando em uma nova geração da Ranger há um tempo. Nem que ela também dará origem à próxima Volkswagen Amarok. Enquanto a hora não chega, a marca norte-americana antecipou um pouquinho do visual da Ranger 2023 através de um vídeo-teaser.

Com a promessa de ser a Ranger mais “forte, capaz, conectada e versátil de todas”, a nova geração da picape se manterá global, mas ainda não tem definidos exatamente todos os países que a produzirão. Hoje ela é feita na Argentina em uma fábrica que divide muro com a Volkswagen, onde a Amarok nasce.

É esperada que a nova geração da picape seja construída sobre o chassi T6 do Bronco. Com isso, ela terá acesso aos motores a gasolina 2.3 EcoBoost quatro cilindros turbo de 304 cv, V6 2.7 EcoBoost de 335 cv e V6 3.0 EcoBoost de 406 cv. Todos eles são atualmente encontrados na linha Ford e alguns usados no Bronco.

Ranger híbrida ou diesel?

Mas, para os brasileiros, a grande estrela será o 2.0 EcoBlue biturbo diesel. Esse motor substituirá globalmente o 3.2 cinco cilindros e o 2.2 quatro cilindros, ambos turbinados. A ideia é oferecer mais de 200 cv, para se alinhar à concorrência, mas com consumo substancialmente reduzido. A Amarok usará o mesmo motor.

Outra grande novidade será a motorização híbrida. Para atender normas de emissões na Europa e a estratégia da Ford em oferecer versões eletrificadas de todos os seus modelos na Europa até 2026, a Ranger terá uma variante híbrida plug-in. É esperada a combinação de motor 2.3 EcoBoost com elétrico para potência na casa dos 370 cv.

A nova Ranger terá transmissão automática de dez marchas usada pelo Ford Mustang e pelo Chevrolet Camaro. Haverá também opções manuais para mercados específicos e variantes de entrada no Brasil. A nova Ranger terá variantes cabine simples, estendida, dupla e também a esportiva Raptor, que tem carroceria alargada.

É esperado que o lançamento da nova geração da Ford Ranger ocorra ainda no final de 2021 na Austrália. Ela será revelada na Europa somente no ano que vem, enquanto Brasil e Estados Unidos podem ter que aguardá-la até 2023.

>>Ford Ranger Black: urbana, elegante e bom custo-benefício | Avaliação

>>Como no Brasil, Ford fecha fábricas na Índia e Ka morre de vez

>>Ranger Splash ressurge, mas sem seu maior charme

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar