Destaque Novidades

Ford Ranger 2023 começa a perder camuflagem

Nova geração da Ford Ranger será construída conjuntamente com a Volkswagen Amarok para brigar com a Toyota Hilux
Ford Ranger 2023 [divulgação]
Ford Ranger 2023 [divulgação]

A Ford aposta alto na nova geração da Ranger. Desenvolvida em conjunto com a Volkswagen Amarok, a Ranger 2023 começa a ser revelada pela marca norte-americana em teasers e imagens cada vez menos discretas. Depois de uma imagem oficial bastante camuflada, a Ford agora revela detalhes da traseira da picape somente com uma pintura de disfarce.

O teaser veio da divisão australiana da Ford, uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento da nova picape. Para tentar disfarçar um pouco mais a nova Ranger, a Ford deu a ela uma pintura de camuflagem inspirada nas montanhas, com elementos em azul, preto e branco, além de padrões pixelados. Há uma segunda camada com partes brilhantes.

Segundo a marca, essa é a “mais forte, capaz, conectada e versátil Ranger feita até hoje”. A marca quer a liderança global do segmento que hoje pertence à Toyota Hilux, por isso a missão será bastante difícil. Para tentar a sorte, ela contará com uma gama generosa de motores turbinados de alta eficiência.

Ranger V6?

Haverá opções quatro cilindros em linha e V6. Ambos da família EcoBoost turbo a gasolina. Para o Brasil e algumas partes da Europa e Ásia, haverá um novo motor quatro cilindros turbo diesel, mas um V6 não está descartado, seguindo o que foi feito na Amarok. Para mercados desenvolvidos, haverá uma versão híbrida plug-in.

O que foi possível ver do novo visual da Ranger 2023 é que ela se inspirará fortemente na F-150 e na Maverick. A picape média terá faróis de LED em C, carroceria com linha de cintura bem alta e traseira parecida com a da Maverick. As linhas da tampa da caçamba são semelhantes e o nome Ranger deve ser estampado direto no metal.

Com lançamento oficial marcado para o final deste ano na Austrália, a Ford Ranger 2023 só terá suas vendas iniciadas no ano que vem. A produção na Argentina já está confirmada, mas ainda sem data específica para começar. Ou seja, o lançamento no Brasil ainda deverá demorar pelo menos um ano.

>>Volkswagen Amarok V6 é estradeira com rugas evidentes | Avaliação

>>Próxima Ford Ranger pode ter motor V6 de 406 cv e versão híbrida

>>Ford Ranger Splash ressurge, mas sem seu maior charme

Sobre o autor

João Brigato

Comente

Clique aqui para comentar