Destaque Novidades

Ford Ranger é a líder do segmento em junho

Picape fica à frente de Toyota Hilux e Chevrolet S10 no fechamento do mês
Ford Ranger
Ford Ranger 2020 (divulgação)

A Ford Ranger registrou um marco importante em junho: tornou-se a líder do segmento de picapes médias, com 1.736 unidades vendidas. De acordo com números da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o modelo ficou à frente de Toyota Hilux e Chevrolet S10, que, respectivamente, emplacaram 1.712 e 1.443 unidades.

A marca acredita que o novo design dianteiro do modelo foi um dos causadores da boa aceitação do público, assim como a suspensão recalibrada e as tecnologias exclusivas da versão atual – lançada em 2019 -, como sistema de frenagem autônoma com detecção de pedestres, reconhecimento de sinais de trânsito, controlador de velocidade adaptativo e sistema de permanência em faixa.

“Diferentemente de outros segmentos da indústria, as picapes estão sofrendo menos os efeitos do isolamento (social, imposto pela pandemia do novo Coronavírus) e a Ranger é o seu principal expoente, retornando ao mesmo patamar de vendas do período pré-quarentena”, diz Reinaldo Faga, diretor de vendas da Ford.

Os bons resultados também são fruto das ações da rede de concessionárias Ford que, por exemplo, iniciou a campanha ‘Compre Sem Sair de Casa’, o financiamento com carência de 90 dias e parcelas reduzidas até dezembro de 2021. Na conta, também estão os novos protocolos de higiene nas revendas e o serviço de desinfecção de veículos ‘Ford Clean’.

A Ford Ranger é oferecida em sete versões de acabamento que se dividem em dois tipos de motorização: 2.2 Diesel de 160 cv e 3.2 Diesel, com 200 cv. Preços vão de R$ 140.690 a R$ 215.590.

Veja mais:

>> Ford Ranger é preparada pela Carlex Design

>> Ford Ranger Thunder é apresentada na Europa

>> Ford Ranger Storm estreia visual aventureiro por R$ 150.990

Sobre o autor

Vagner Aquino

Vagner Aquino

Comente

Clique aqui para comentar

Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva