Destaque Novidades

“Híbrido leve”, Mercedes Classe C EQ Boost chega no Brasil

Linha 2019 do sedã traz motor elétrico de 48 volts em nova versão
Mercedes Classe C (Auto+)

A Mercedes anunciou nessa semana a linha 2019 do Classe C, o sedã mais vendido da marca no mundo e também no Brasil. A principal novidade é a chegada da versão EQ Boost, que traz um motor elétrico auxiliar, fazendo do modelo um híbrido leve.

Produzido em Iracemápolis (SP), o Classe C 2019 tem preço a partir de R$ 187.900 e será vendido em quatro versões a partir de novembro.

Antes de falar do novo motor, vamos destacar o que pouco mudou no visual do Classe C. Para começar, dá pra notar os novos faróis full led, que deixaram o sedã com um estilo semelhante ao do CLS, trazendo ainda novos para-choques, rodas e lanternas com novo arranjo interno que, quando acesas, remetem a uma letra “C” ao contrário.

Mercedes Classe C (divulgação)

Na cabine, a novidade fica para o novo painel digital configurável de 12,3 polegadas e a central multimídia com tela de 10,2” destacada no painel, que possui suporte a Apple CarPlay e Android Auto. Novidades também para o revestimento interno, sendo preto brilhante na versão Avantgarde, madeira marrom na Exclusive e de madeira cinza na topo Sport.

Mercedes Classe C (divulgação)

No total, são vendidas quatro versões: C 180 Avantgarde, C 180 Exclusive (com estrela sobre o capô e visual mais clássico), a inédita C 200 EQ Boost e a esportiva C 300 Sport. As três primeiras versões contam com rodas de 17 polegadas (com desenho diferente entre si), enquanto a topo de linha traz rodas maiores de 18 polegadas.

Mas o destaque com certeza vai para a nova motorização do Classe C, que na versão EQBoost conta com um propulsor 1.5 turbo de 183 cv e 28,5 kgfm de torque, que ganha o reforço de 14 cv e 16,3 kgfm vindos de um motor elétrico de 48 volts. A transmissão é automática de nove marchas, sempre com tração dianteira.

Mercedes Classe C (divulgação)

O sistema elétrico de 48 volts dá uma força extra ao sedã antes da pressão do turbo “entrar em ação”, principalmente nas arrancadas e retomadas. Além disso, ele também tem seu compromisso com a economia de combustível, sendo 10% mais econômico que a versão 1.6 turbo. Bacana também é que toda a energia da frenagem vira energia elétrica para abastecer a bateria.

Destaque também para o sistema roda-livre, que desliga o motor no momento que o motorista tira o pé do acelerador em estradas planas e com descidas, o que favorece o consumo. Assim que o motorista pisa no acelerador, o motor é religado automaticamente. Falando da versão C 300 Sport, o motor 2.0 turbo passou de 245 cv para 258 cv, com o torque se mantendo em 37,7 kgfm. Abaixo, veja os preços

C 180 Avantgarde: R$ 187.900

C 180 Exclusive: R$ 188.900

C 200 EQBoost: R$ 228.900

C 300 Sport: R$ 259.900

Veja mais:

>> Mercedes Classe C muda pouco, mas ganha painel digital

>> BMW Série 3 estreia 7ª geração no Salão de Paris

>> Audi A4 ganha edição limitada no Brasil

Sobre o autor

Diego Dias

Diego Dias

Comente

Clique aqui para comentar

Encontre peças e acessórios





Vídeo

Triumph T120 Black: uma clássica Bonneville com pegada agressiva

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.

Instagram

Jocar